setembro 14, 2010Sem categoria

Escrever é pensar e criar…

3 Comentários

Depois de alguns dias sem fazer uma atualização decente, fiquei a procura de algo que me agradasse e que fosse legal de escrever/ler.

Eu comecei a escrever uma fic a mais ou menos quatro meses. E eu estava super empolgada, querendo postar logo, correndo atrás de um titulo, de imagens para a capa e páh! Eu consegui o titulo – I Love You, I Hate You – escrevi o Prefácio e o Capitulo 1 e depois disso… PRONTO! As idéias fugiram! Eu não consigo pensar em mais nada pra escrever e quando tento, parece que eu não estou mais em sintonia com as palavras já escritas. *frustradaemmodeon* Eu fui procurar uma maneira de tentar me ajudar e acabei descobrindo ÓTIMAS dicas pra quem escreve e resolvi compartilhar com vocês. Não precisa ser necessariamente para uma fic, as dicas podem ser usadas também para outros tipos de texto, desde que você tenha em mente o estilo.

Como começar uma história? De onde tirar criatividade, imaginação para elaborar todo um contexto e não se perder nas próprias idéias?
Você pode ser como a Stephenie Meyer, que sonhou com a Saga e pôs tudo em palavras, ou então pode começar escrevendo em um pub, onde depois de uma viagem de trem em eu simplesmente as idéias brotam da sua cabeça como a Joanne Kathleen Rowling (J.K), ou até mesmo como John Grogan, que quis compartilhar com pessoas do mundo inteiro o amor do seu cão.


O primeiro passo é ler. De tudo. De revistas pornográficas até a bíblia. De culinária até revistas em quadrinhos. Absolutamente TUDO! Não tenha preconceito, abra a sua mente para toda a extensão do mundo que a leitura pode te oferecer. Quem não ler bem, não escreve bem. Todos os grandes autores um dia foram grandes leitores.

Depois, a fonte principal de nossas idéias são as nossas experiências. Aquela tristeza que nos marcou, a alegria que foi lhe proporcionada, o amigo que conquistamos, a ajuda que oferecemos, o amor que encontramos, a desilusão que apareceu… Mas se você pensa que a sua experiência não é suficiente, que as suas experiências não são legais o bastante para entrar na sua historia, você pode catar as experiências das pessoas alheias. Então quando você escreve, com certeza vão ter personagens com características suas, da sua irmã, do seu pai, da sua mãe, daquela prima querida, da sua avó do coração… enfim… é inevitável que isso aconteça. Você sempre vai lembrar da risadinha engraçada do seu amigo, do nome esquisito que você ouviu, da letra de musica, da poesia lida… e vai querer acrescentar também a sua historia. Você pode ainda pegar as experiências durante conversas, convívio e leitura (olha ela aí de novo). E para criar uma historia que chame a atenção, que as pessoas gostem de ler, criativa, engraçada, original, enfim, você precisa dar atenção em alguns pontos.

Desejo: você tem que querer, por qualquer razão que seja, criar algo original, que mostre que você é diferente, que a sua história não é apenas mais uma historinha qualquer. É a historia! É que vai ter pessoas comentando e falando o quanto você escreve bem e o quanto a ideia da sua história é bacana.

– Preparação: não mais é do que tornar o que é estranho como algo familiar. Por exemplo, se você vai escrever uma fic, na qual a personagem principal está com leucemia, POR FAVOR, vá atrás de dados que façam jus ao que você está escrevendo! Como assim a personagem está com leucemia e está penteando demoradamente seus cabelos até que eles formem lindos cachos… [?] Escrever é uma forma de transmitir conhecimento, então antes de escrever sobre algo na qual não tem experiência, pesquise!!

– Manipulação: juntar conceitos aparentemente não relacionados, ou tornar o estranho familiar. De uma maneira diferente da que todas as pessoas estão acostumadas a ler, fazer com que o casal principal se encontrem, de uma maneira irreverente e sutil. Vai fazer com que os leitores se surpreendam. Mas, POR FAVOR², não vamos sair da realidade pra criar uma fantasia que não tem nada a ver com o que você já escreveu apenas para fazer com que momento seja o ‘YUPI’. Ele acaba sendo ‘Báh, não acredito que li isso.’. Vamos manter o foco.

– Imaginação: Imagine, aflore suas ideias e tenha sempre por perto um bloquinho de notas para que você escreva todas essas idéias. Aqui é a parte que você dá uma de doido e deixa com que as idéias mais mirabolantes tomem de conta. Você vai perceber que enquanto escreve, uma dessas idéias pode se encaixar perfeitamente e não vai fugir do contexto. Aqui, muitas pessoas falam: ‘Aah, eu não tenho imaginação, não sei o que escrever.’ Meus autores preferidos começaram a escrever sem nunca pensar em lançar os livros deles e hoje são fenômenos mundiais. Observe o mundo ao seu redor, o que acontece diariamente. Eu, particularmente quando estou indo pra universidade, fico olhando tudo, desde as obras e prédios mais longos até as cores que eles foram pintados e as pombas no chão. As pessoas que passam, as roupas que usam. Se tenho oportunidade, converso com elas, por que todo mundo tem um pouco para te ensinar, e uma dessas, pode ser a deixa para que a sua historia seja um sucesso! Abra – a – sua – mente!

Você pode desenvolver sua criatividade se buscar continuamente a informação sobre tudo o que o cerca, se tiver sensibilidade para todas as coisas que acontecem a sua volta e curiosidade para descobrir o que está por trás dos fatos, dos objetos, das pessoas.

E aqui, tem 10 dicas para você treinar sua criatividade.


1. escreva pelo menos uma idéia por dia;


2. armazene as idéias;


3. observe e absorva: aproveite o que você observa;


4. desenvolva uma forte curiosidade sobre coisas, lugares ou pessoas;


5. compreenda primeiro, depois julgue;


6. mantenha o sinal verde da sua mente sempre aberto;


7. tenha uma atitude otimista e positiva;


8. pense todos os dias, escolha uma hora e um lugar para essa atividade;


9. associe idéias, combine-as, adapte-as, modifique-as, inverta-as;


10. coloque suas idéias em ação – uma idéia razoável colocada em ação é melhor que uma grande idéia arquivada.



É muito comum quando o maldito block vem e atrapalha todas as suas idéias (como aconteceu comigo). Você sabe como continuar a historia, mais até chegar naquele determinado ponto, nada de idéias…


Eu me distraio muito facil e não consigo ficar focada apenas em uma coisa. Assim sendo, enquanto fiz a minha pesquisa, descobri algumas maneiras de você quebrar o block. Se você está com esse problema, dou algumas dicas.


Saia do MSN, Twitter, Orkut, Facebook e qualquer site de relacionamento. Feche o Mozilla/Internet Explorer. Na verdade, feche tudo que possa te distrair e deixe apenas o Word aberto.


Esteja em uma posição confortável quando for escrever. (isso pro PC. Eu geralmente escrevo no papel pra depois passar para o Word, mais a dica fica sendo a mesma)


Não tenha um prazo, a não ser que você tenha outra coisa muito importante pra fazer. Escrever é ter paciência, reler tudo que já escreveu, procurar por erros que você possa ter cometido…


Inspiração, muitas vezes vem com musicas, textos lidos, livros e etc… Acho que é por isso que eu me distraio tanto enquanto escrevo… é tudo em busca de inspiração…


Bom, é isso! Espero que tenha ajudado! Eu não coloquei alguns tópicos como erros ortográficos, por que PELOAMORDEDEUS! POR FAVOR³, ler texto todo errado é o fim! Se você tem duvida em uma palavra que é pouco falada pelas pessoas, que tem duplo significado ou alguma coisa assim, tá tudo bem, até ai dá pra entender. Mais o básico você tem que saber escrever, ou NÃO escreva! P.s.: o Word te ajuda a corrigir algumas palavras tá? Só que não faz milagres.

posts relacionados

Deixe seu comentário

3 Comentários

  • Naughty girl
    05 abril, 2011

    Adorei teu blog! parabens!

  • Gabrielli
    25 novembro, 2010

    Simplismente maravilhosa as dicas, adorei mto boas, tbm escrevo fics e as vezes tenho meus momentos de block, ou então esqueço da idéia e pá. Vou aproveitar mto essas dicas!

  • Gesi Frota
    09 outubro, 2010

    aDorei as dicas, flor!! com certeza vou usa-las pq eu to no meu momento block!! beijoos

  • Vídeos no canal

    @araphadoequalize
    © 2020 Equalize da Leitura • equalizedaleitura.com.brDesenvolvido com por