Editora Bertrand, Resenhas
gsTítulo: Belsissima Título original: Homeport Autor: Nora Roberts Ano: 2010 Editora: Bertrand Número de páginas: 542

Cada dia mais eu me apaixono pelos livros da Nora Roberts, a mulher tem o dom, sabe o que está fazendo.

Eu li o livro em um dia! Mas foi tipo, peguei e passei o dia todo lendo e não fazendo mais nada. O motivo é simples: eu não conseguia me desgrudar. Foi o livro dela que mais me envolveu, com personagens muito marcantes, cativantes, engraçados. A NR tem uma mente muito afiada para descrever os homens em seus livros e simplesmente não tem como não se apaixonar.

Miranda tem como trabalho autenticar valiosas obras de artes. Ela é fria, não teve muito carinho e se dedica completamente ao seu trabalho. Depois de ter sido assaltada na porta de casa, começa a ocorrer coisas estranhas, como a obra que ela estava autenticando ser considerada falsa e a notícia vazar. Então ela se envolve com um ladrão, em busca da obra e descobrir todos os mistérios que a cercam, e acaba esbarrando em…

Ryan é um ladrão de obras de arte. Foi o mocinho-ladrão mais divertido dos livros que eu já li! Ele é cara de pau, é divertido, romântico, sedutor, cuidadoso, lindo, tem um super ego que chama a atenção… homens típicos da NR. A família dele é a mais louca que eu já li em algum livro também. São irmãos completamente diferentes: um é ladrão, outra uma bela pianista, o outro hacker de computador e a outra… policial. Isso mesmo! Agora imaginem a combinação: você é ladrão e tem uma irmã policial! O melhor é saber que a mãe apoia! Sim, quando eu falei que era loucura a família em questão, é verdade.

– Eu sempre sou honesto com minha família.

– Com certeza. Sem dúvida sua mãe morre de orgulho de ter um filho ladrão.

– Claro que sim.

Ela gaguejou, perdeu completamente a noção do que diria a seguir. – Você tá tentando me convencer que ela sabe que você rouba?

– Claro que sabe. Ela tem cara de idiota? – Ele balançou a cabeça – Eu não minto pra mamãe.

E tem esse trecho do livro também que eu quero destacar, por que foi uma parte que me fez rir muito:

– Alguém roubou alguma coisa de sua amiga? – pergunta a mãe de Ryan.

– Eu roubei – ele disse com facilidade, juntando às mulheres na mesa. – Acontece que era uma falsificação. A gente tá tentando endireitar a situação.

– Ótimo.

– Espera um minuto. – Miranda levantou às mãos. – Ótimo? É isso que você tem a dizer? Ótimo? Quer dizer que você sabe que seu filho é ladrão?

– O quê? Você acha que eu sou idiota? – Maurren secou as mãos antes de levá-las à cintura. – É lógico que eu sei.

– Eu não entendo. – Ela pressionou as mãos contra a cabeça. – Como é que você pode encorajar seu filho a ser um fora da lei?

Por enquanto, foi o melhor livro – em questão de enredo – que eu li da autora. O começo do livro é bem chatinho, mas depois que você passa dessa parte, você começa a querer mais e mais. A Nora fez uma vasta pesquisa na área e a história toda é cheia de detalhes minimalistas, o que dá mais realidade. E todas as cenas hot do livro são maravilhosas. Tem 5 páginas escritas que são simplesmente perfeitas.

Porém, não vá com muita sede ao pote. O livro tem um defeito terrível: a tradução. E eu fiquei feliz em saber que não foi eu apenas que percebi e me senti incomodada. A tradutora escreve termos como está = tá, obrigada = brigada, estamos = tamos, a gente tem. Sim, vocês leram direito. O que faz a história perder um pouco do encanto, quebrar o brilho dos personagem. Essa parte foi frustrante e decepcionante. Como assim a Miranda, doutora, ouvinte de música clássica, autentica obra de artes, fala dessa maneira tão coloquial? O Ryan também, apesar de ladrão, tem o seu estudo.

Outra coisa: em vários momentos eu me perdi sem saber quem estava falando o quê. E se você volta e reler o trecho do livro, você percebe que está errado. Meu apelo, como fã dos livros da Nora Roberts, é que a editora preste mais atenção e que por favor, se pudessem, na nova tiragem do livro fizessem uma revisão total do livro e arrumassem esses erros.

Mas, se vocês tiverem paciência pra ler o livro mesmo assim, aproveitem e se deliciem! É ma – ra – vi – lho – so!

E pra finalizar essa resenha, eu queria colocar dois trechos dos livros que eu mais gostei, pelo diálogo dos personagens e como tudo combinou.

[…]– Miranda – ele consegui dizer, dando – se conta subitamente de que sua garganta estava seca. – Você acha que consegue levantar?

– Quando?

Ele riu um pouco e acariciou – lhe o bumbum. – Agora seria ótimo. – Como ela não se moveu, ele rosnou: – Água. Eu preciso de água.

– Não pra você simplesmente me empurrar?

[…] – Encontrei o apartamento dele. Ele não estava lá. Mas passei uma meia hora muito interessante com uma vizinha dele, uma prostituta.

– Um segundo. Dá pra repetir isso?

– Que ele sumiu já fazia uns dias?

– Não, a parte que você passou algum tempo com uma prostituta.

– Valeu os cinquenta que eu paguei, quer dizer, cem, na verdade. Eu dei mais cinquenta pra ela quando a gente terminou.

– Ah, sei, tipo gorjeta?

– Isso. – ele abriu um sorriso. – Ciúme,

– É pra ter ciúme?< - Um pouquinho de ciúme faz bem. - Então, tudo bem. - ela cerrou o punho livre e socou o estômago dele. [...] - Preciso me corrigir. Ciúme definitivamente não faz bem. Eu paguei pra ela conversar comigo. - Se eu tivesse imaginado outra coisa, você estaria a caminho das pedras lá embaixo.

10 Comentários

  1. keth disse:

    oie
    O livro parece ser muito bom, adoro esse tipo de livro, que quando se começa não da mais para parar de ler.
    bjs

  2. adorei o livro. mas acho que não me interesso muito por historias assim.. enfim
    er.. eu gostaria de saber se pode me explicar como você conseguiu pedir e conseguir parceria com as editoras? bjss

  3. Rapha,

    Como eu já disse, só li um livro da Nora até agora. Preciso ler os outros!
    Já li a resenha de Belíssima em outros blogs, parece ótimo!

    Beijos e ótimo fim de semana!

  4. Kakau4ever disse:

    Amay seu comentário no blog, mto obg pelos parabéns!
    Lindo seu blog! E valeu pela dica
    bjoks

  5. muuuuuuito obrigado! s2
    fiquei em duvida se me responderia ou não, fiquei em duvida em que blog escolher … mas escolhi você! ainda bem né? rs.
    é triste mesmo quando não são unidos :/ Mas muito sucesso pra você viu! Su blog é demais 😀

  6. Laís disse:

    Eu nunca li nenhuma livro dela, acredita? Mas já ta aqui na lista das próximas leituras!

    Beijos ;*

  7. Vanessa disse:

    Parece ser bem bacana esse livro (: ainda não li nenhum livro dessa autora, preciso ler logo! UAHSAUSHU adorei a resenha.

    Beijos, Vanessa.
    This Adorable Thing.

  8. @whosthanny disse:

    Adorei sua resenha! Ainda não li nenhum livro de Nora Roberts mimimi E adorei os trechinhos que você colocou, com certeza vou me apaixonar por esse ladrão-mocinho HAHAHAHA A história parece ser ótima, apesar dessa tradução tosca.

    xx thanny in wonderland

  9. A capa é linda né *.*
    Não acredito que vou dizer isso, mas a verdade é que até hj não li nenhum livro da Nora lol
    Louquinha pra comprar, mais são tantos que está bem difícil de escolher. rsrs
    Adorei a resenha Rapha 🙂

  10. Eu quero muito ler um livro da Nora, e eu ia começar exatamente por esse (porque esta na promo hsahsuausha) e depois da sua resenha tive a certeza que devo comprar!!!
    Muito lindo seu blog, amei o vídeo da caixinha de correio, pena que não carregou tudo aqui, bem na hora que eu estava vendo o livro em que eu estou interessada: sou louco por você!
    Tmb tenho um blog, estou sorteando o livro Silêncio e ficaria feliz com sua visitinha: http://www.mybooklit.blogspot.com
    bjos

    Jack

Todos os comentários passam por aprovação, antes de aparecerem aqui! Vamos ler e responder todo mundo com muito carinho!

Nome: Email: Website:
Protected by WP Anti Spam

Assista aos Vídeos
Equalize da Leitura © 2010 - 2016 ♥ Todos os direitos reservados
Tema desenvolvido por Débora M.