Resenhas, Universo dos Livros
Título: Um Romance Inesquecível

Título Original: An Unforgettable Lady
Autor: J.R Ward como Jessica Bird
Ano: 2014
Páginas: 352
Editora: Universo dos Livros

 Livro no Skoob

As mulheres mais influentes de Manhattan estão sendo assassinadas e Grace, uma linda herdeira da alta sociedade e famosa por sua fabulosa fortuna, é um possível alvo. Relutante, porém vulnerável, ela contrata John Smith para ser seu guarda-costas: um homem intransigente que está disposto a tudo para protegê-la. Ao mudar para o apartamento de Grace o sentimento entre eles começa a mudar. Ela se sente atraída por John, que dita as regras para sua segurança. E ele também não contava com esse desejo incendiário que o tira de qualquer lógica racional. Enquanto as noites de verão começam a ficar cada vez mais quentes, Grace e Smith precisam enfrentar uma escolha crucial: seguir os mandamentos profissionais para afastá-la do possível assassino ou se entregar ao sentimento dessa paixão ardente

Grace é rica e herdeira de uma grande patrimônio e quer provar para todos que pode substituir o lugar do pai e trabalhar tão bem quanto ele próprio trabalhou. O que ela não esperava, porém, que uma série de assassinatos começasse a ocorrer. O assassino mata mulheres belas, ricas e da alta sociedade, seguindo uma lista. E o nome de Grace está nessa lista. Obrigada a se proteger, ela contrata…

John Smith, uma guarda – costas. Um homem sedutor, bonito, inteligente, treinado, marcado, resistente, solitário, que se sente extremamente atráido por Grace, mas a recusa de todas as formas, primeiro por que tem que protegê – la  e depois por que ele passou toda a vida sozinho.

John começa a viver com Grace, já que precisa estar aonde ela está, no trabalho e principalmente em casa. Ele não consegue resitir ao charme que ela tem e nem imagina. Entre a dúvida entre ir ou não ir, fazer ou não fazer, beijar ou não beijar, pegar ou não pegar muito desejo corre entre esses dois. Quando ele percebe que está apaixonado por Grace, pede para sair do cargo de guarda – costas e deixa um amigo em seu lugar, mudando não só com a própria vida, mas com a da Grace também.

— Eu sei que eu realmente estraguei tudo esta manhã. Eu sou inexperiente em todo este… — Ele mexeu a mão para frente e para trás como se estivesse procurando a palavra certa. — Coisa de mulher-homem. É um maldito pesadelo. Estou chateado comigo mesmo, e passei a noite toda sonhando com desculpas que são como algo saído de uma maldita novela. Eu estou querendo saber onde no inferno a minha lógica foi embora, eu não consigo me livrar dessa dor em meu peito, e se houvesse uma maneira de voltar para esta manhã e fazer tudo de novo, eu faria. Toda vez que eu fecho meus olhos, eu vejo você nua em meus braços, olhando para mim com a confiança em seus olhos e eu quero colocar a minha mão através de uma parede. — Ele começou a andar. — Isto está me deixando louco. Estou me deixando louco. Cristo, tem de haver maneira mais fácil do que isto. Como no inferno que as pessoas se colocam nesta confusão, quando elas finalmente encontram alguém que importa? É como ser jogado numa cova sem maldita luz. Eu nunca me senti tão malditamente foda desorientado na minha vida e, deixe-me dizer, eu estive em algumas confusões bem feias antes. —

 Fazia algum tempo que eu queria ler esse livro da J.R Ward, pois queria saber como ela se sairia escrevendo um livro sobre personagens que não são sobrenaturais, que foi o que eu li dela até agora nos livros da A Irmandade da Adaga Negra. O livro é lindo! Sim, mas sabe quando falta aquele “tcham’? Sério, eu senti falta das cenas românticas que a Ward escreve tão bem. É claro, ela não está escrevendo um livro de vampiros, e com humanos fica tudo mais limitado e até um pouco chiclé, mas não tira o brilho que o próprio livro tem por si só.

O livro tem as cenas tão bem escritas que você se sente a própria personagem. É tudo muito intenso – outra características fantástica da autora – e tem uma conexão, sem nunca perde a lógica da história. e tem cenas leves que por vezes faz aquele sorriso bobo brotar no seu rosto.

Eu super recomendo o livro, mas se você já leu algum livro de IAN, não fique esperando e não vá com muita sede ao pote. Você vai se encantar, se sentir maravilhada – e talvez fiar com a sensação de quero mais no final – mas sempre vale a pena quando o livro é dessa autora tão consagrada e talentosa.

6 Comentários

  1. Não sabia desse livro não, nunca vi nenhuma resenha sobre ele e á sua está de parabéns! A capa é linda e obrigada pela visita e estou seguindo seu blog.

  2. Raphaaaaa pára tudo! eu já tinha visto sobre esse livro em algum site, mais nunca tinha visto uma resenha dele *O* ooooownt que lindo, adorei demais…
    sabe alguma informação; se tem o livro aqui, e se ele vai ser oficialmente traduzido por alguma editora? 🙂

  3. tmb naum sabia desse livro *.*
    qrooooo

  4. Sora Seishin disse:

    Oi!!!
    Acho que só eu não leu ainda a série IAN. Mas estou louca para ler.
    Esse livro também parece ser muito bom.
    Beijos

  5. Daniele disse:

    Retribuindo sua visita. claro que tô te seguindo,adorei seu blog 😀

    Beijos

    chabiscoitoseumlivro.blogspot.com

  6. Fiquei curiosa, Rapha!
    Vou adicionar esse livro à lista de desejados… rs.

    Beijocas!

Todos os comentários passam por aprovação, antes de aparecerem aqui! Vamos ler e responder todo mundo com muito carinho!

Nome: Email: Website:
Protected by WP Anti Spam

Assista aos Vídeos
[wonderplugin_carousel id="2"]
Equalize da Leitura © 2010 - 2016 ♥ Todos os direitos reservados
Tema desenvolvido por Débora M.