março 30, 2011Irmandade da Adaga Negra, Resenhas, Universo dos Livros

[Resenha] Amante Eterno

17 Comentários

Título: Amante Eterno
Título Original: Eternal Lover
Autor: J.R Ward
Ano: 2010
Páginas: 448
Editora: Universo dos Livros
Tradutor: Jaqueline Valpassos

Sinopse:

Nas sombras da noite em Caldwell, Nova York, desenrola-se uma sórdida e cruel guerra entre os vampiros e seus carrascos os redutores. Há uma irmandade secreta, sem igual, formada por seis vampiros defensores de sua raça. Possuído por uma besta letal, Rhage é o membro mais perigoso da Irmandade da Adaga Negra. Dentro da Irmandade, Rhage é o vampiro de apetites mais vorazes. É o melhor lutador, o mais rápido a reagir, baseado em seus instintos, e o amante mais voraz, porque em seu interior arde uma feroz maldição lançada pela Virgem Escriba. Possuído por esse lado sombrio, Rhage teme constantemente que o dragão dentro de si seja liberado, convertendo-o num perigo letal para todos à sua volta.

SPOILLER! SPOILLER! SPOILLER!

Antes de começarem a ler a resenha, se preparem para ficarem apaixonadas pelo personagem mais lindo, intenso, quente de todos. É de longe o meu personagem preferido. Sim, todos são, mas sempre tem aquele que encanta o coração né?! Pois é, o Rhage tira as minhas forças. *suspira* E sim, ele é meu! *-*
O segundo livro da série A Irmandade da Adaga Negra conta a história de Rhage, conhecido carinhosamente como Hollywood pelos membros da Irmandade, por suas semelhanças com galãs: alto, forte, loiro, olhos azuis e possuidor de um charme natural. Ele é solitário e se vê lutando fervorosamente com os Redutores para acalmar a besta incontrolável que existe dentro de si – castigo da mãe da raça, a Virgem Escriba – e saciando seu desejo com mulheres desconhecidas. É o mais violento guerreiro entre os Irmãos, capaz de destruir sozinho vários Redutores sem grandes danos. O seu único ferimento é a sua transformação para a fera, que é irracional. O que ele não esperava é que pudesse conhecer uma mulher que fizesse seu mundo mudar…
Em seu caminho, aparece inesperadamente Mary, uma mulher corajosa e forte, mas que descobre ter leucemia e que seus dias estão contados. Ela já tinha se conformado com seu destino e com os tratamentos que não mais reagiam em seu caso. Ela é voluntária em um serviço de prevenção ao suicídio nas horas vagas e trabalha em um escritório de advocacia. É trabalhando no serviço voluntário que ela conhece John, um garoto misterioso e mudo, próximo a sua transição para vampiro, mas que desconhece o seu passado. Ao tentar ajuda – lo, Mary mergulha em um mundo que nunca imaginou que pudesse existir. Porém, foi o encontro casual, de forma súbita com um homem forte, viril, lindo e charmoso, que estranhamente parecia encantado com ela, faz com que Mary comece a desejar ardentemente continuar viva… para sempre. Aos poucos somos introduzidos a um romance tão incontrolável quanto a besta que persegue Rhage.
Cuidado com o que pede, pensou ela, lembrando-se de como havia desejado que um homem se sentisse fascinado por ela.  Meu Deus, não era bem aquilo que esperava de tal experiência. Estava completamente atônita e sem ação. Pelo corpo masculino pressionado ao dela. Pela promessa de sexo com ele. Pelo poder letal que ele poderia exercer se decidisse apertar seu pescoço outra vez.
 – Diga-me onde mora – disse o homem. 
Como ela não respondeu, ele ondulou os quadris, a ereção maciça deslizando em círculos, pressionando seu ventre.
 Mary fechou os olhos. E tentou não imaginar como seria se ele fizesse o mesmo que estava fazendo, só que dentro dela. 
Ele baixou a cabeça e seus lábios roçaram-lhe a lateral do pescoço. Acariciou-a com o nariz. 
– Onde vive? 
Ela sentiu um golpe suave, úmido. Deus, a língua dele. Subindo por sua garganta. 
– Alguma hora você vai me dizer – murmurou ele -, mas não se apresse. Neste exato momento não tenho muita pressa.  (…) 
A porta se abriu por trás deles.  (…)
– Rhage, essa mulher não veio para cá lhe dar prazer, e aqui não é o One Eye, meu irmão. Nada de sexo no vestíbulo.
Qual mulher nunca sonhou com um homem que a defendesse acima de qualquer coisa? Que suportasse dores por ti? Que te amasse mais do que a qualquer pessoa? Pois é, a Mary tem essa imensa sorte.
Sabe aqueles amores impossíveis, que tem tudo da pra dar errado?! Ahãm, acontece aqui, mas com o final merecedor e digno de lágrimas. Por que ao mesmo tempo em que Rhage pode ser perigoso e letal, inclusive às vezes em sua forma vampírica natural, ele se mostra uma pessoa totalmente diferente do que imaginariam. No fundo, o garanhão conhecido por praticar sexo como esporte queria mais do que nunca ter uma parceira fixa, alguém para a qual ele pudesse dedicar todo o amor que há séculos guardava para si mesmo.

Mais uma vez, J.R Ward nos trás uma narrativa encantadora, com cenas de ação e luta e as cenas calientes que ela sabe tão bem escrever e com todo o charme que só ela tem. Conseguiu mixar amor, romance, ação, drama, tristezas em um livro e ficou… único livro, tornando cada gênero interessante e sem que ficasse confuso; pois bem, ela tem o dom por que fez a história ficar… perfeita. É excêntrico por que você nunca imagina que um homem como Rhage, que sofre tanto com o castigo imposto pela Virgem Escriba possa se doar de tamanha forma para um amor, para viver, para dar, receber. A Mary por sua vez, é tão perfeita pra Rhage, que conquista não só seu coração, mas também a sua besta.

“Bem. Se não posso tê – la, então, por favor, eu me dou inteiro para você. Pegue tudo de mim, uma parte, um pedacinho só, o que quiser. Mas por favor, fique com alguma coisa.”
É sem duvidas um livro cheio de intenso envolvimento emocional, sensacional, comovente, romântico acima do normal. Você flutua em cada sentimento demonstrado, chora, rir, fica feliz e excitada para saber o que acontecerá na próxima página. Sim, por que enquanto todos esse conflitos acontecem, a guerra contra os Redutores não acaba! Ainda mais quando esses inimigos estão aperfeiçoando suas armas, sendo mais agressivos, ousados e com apenas um único foco: matar os vampiros. Você não vai querer parar de ler até absolver cada palavra, cada frase. E não é apenas um livro de romance sobrenatural com cenas bem descritas de sexo. É um livro ousado, maravilhoso, cativante, romântico e muito bem escrito. Os suspiros, claro, farão parte desse livro. É inevitável.

posts relacionados

Deixe seu comentário

17 Comentários

  • Amanda e Elidiane
    05 maio, 2011

    Aii não li muito por causa dos SPOILLERS!!
    Mais li o suficiente para já amar esse livro *.*
    A capa é tão linda, o nome tb ”Amante Eterno”, parece ser bem emocionte mesmo!!
    Beijos
    Elidiane’

    Entre Amigas

  • * lady M.
    11 abril, 2011

    Uau! Fiquei curiosa…
    Preciso conhecer Rhage mais a fundo… hehehe
    Preciso mergulhar nessa história.
    Adorei a resenha!

    Beijos NegroS^^

  • Aline Lopes
    09 abril, 2011

    Achei esta história muito emocionante e engraçada,pois o Rhage é hilário! E o drama que envolve o romance é sensacional!
    Rhage meu terceiro irmão favorito!

  • Miss Carbono
    31 março, 2011

    “Bem. Se não posso tê – la, então, por favor, eu me dou inteiro para você. Pegue tudo de mim, uma parte, um pedacinho só, o que quiser. Mas por favor, fique com alguma coisa.”

    Rhage, seu lindo!

  • Ana Luiza Rosa
    31 março, 2011

    Aaaaaain não aguento mais ler comentários desse livro *.*
    tanta gente falando tanto.
    preciso urgentemente lê-los.
    Resenha maravilhosa Rapha, sério.
    beijo.

    Ana
    Livros ao Meio Dia

  • £ädÿ
    30 março, 2011

    to totalmente fora do ritmo de livros como Amante Eterno ultimamente! estou totalmente evitando a literatura sobrenatural por um tempo 🙂

  • Sora Seishin
    30 março, 2011

    Oi Rapha!!
    Pela resenha deu pra perceber que o livro é bem HOT!
    Preciso ler 😀
    Beijos

  • Vanessa
    30 março, 2011

    Não li a resenha, ainda não li nem o livro um. Mas to louca pra ler, comprei o box e não to me aguentando de curiosidade UAHSAUHSUAS

    Beijos, Vanessa.
    This Adorable Thing

  • Pah
    30 março, 2011

    Que Lindo seu blog! Já estou seguindo, vou voltar aqui mais vezes! ;D

    Ai quero muito ler esse livro, estou super curiosa, aiaiiaiaia, pena que to sem dinheiro esse mês! hauahuahau

    Beijokas

    http://livrosefuxicos.blogspot.com/

  • Lu
    30 março, 2011

    olá, resenha bem legal.
    Ainda não li nenhum livro da série e nem os tenho. =/
    Ainda vou comprar porque só leio coisas boas sobre ele. ^^

    beijos.

  • Marina Oliveira
    30 março, 2011

    Essa série parece ser interessante, apesar de eu estar fugindo de livros de vampiros ultimamente… uashsauh.
    Beeeijos

    Marina – http://distribuindosonhos.blogspot.com

  • Rafaelle Vieira
    30 março, 2011

    Meu Deus, Rapha! Eu quero esse livro!
    Adorei, é exatamente o tipo de romance que eu amo com personagens intensos. Essa série já me conquistou apenas através de suas resenhas que estão perfeitas.

    Beijos!

    Rafa{Fascinada por Histórias}

  • Sandro Honorato
    30 março, 2011

    Olá e ai como vai?

    Adorei seu espaço aqui.
    Vou seguir.
    Beijos e tudo de bom

  • ★★ GIZA ★★
    30 março, 2011

    AMIGAAA PREOCUPA NÃO QUE O MEU PREFERIDO É O PHURY, APESAR DE AINDA NÃO TER LIDO O LIVRO DELE..
    MAS O RAGUE É PERFEITO DEMAIS MESMO!!
    ELE É TUDO NESSA VIDA!!!!!!!!
    BEIJOS

  • Hey, Rapha!

    Eu já tinha vontade de ler essa série. Agora, depois das suas resenhas, minha vontade só aumentou.
    Quero ler logo!

    Tem promoção rolando lá no blog.

    Beijos!

  • Nathália Risso
    30 março, 2011

    Raphaaa! Adorei as resenhas dessa série! Tenho muita vontade de ler os livros, mas com a lista imensa que tenho ainda não deu para comprá-los, mas ouço somente ótimos comentários a respeito!
    Obrigada pela visita e pelo comentário!
    Ah eu perdi o dia de promoção :S Participarei da próxima!
    Tem post novo no blog, dá uma passada lá!
    Beijos, Nath
    @brgnat
    Books In Wonderland – http://booksinwonderland.blogspot.com

  • Maria Eduarda Boaventura
    29 março, 2011

    Seu blog está otimo!

  • Vídeos no canal

    @equalizeleitura
    © 2018 Equalize da Leitura • equalizedaleitura.com.brDesenvolvido com por