julho 09, 2011Sem categoria

[Entrevista] Babi Dewet, autora de Sábado a Noite

18 Comentários

Já faz alguns meses que eu pensei em começar uma nova coluna aqui no blog que seria Conhecendo o Autor, onde eu mostraria um pouco da vida do mesmo e apresentaria um pouco dos seus livros. Como eu dou muito valor a literatura nacional, pensei em niguém menos que…? A Babi Dewet, autora do livro Sábado à Noite! Então, aproveitem e desfrutem bastante da entrevista. Conheçam um pouco mais da autora que deu a cara a tapa e publiciou seu livro de forma independente. Autora nacional, temos que bater palmas!

A Bárbara Dewet – mais conhecida como Babi Dewet – tem 24 anos, leitora assídua que adora assistir seriados, mora no Rio de Janeiro e é formada em Cinema. Atualmente trabalha com um projeto de reeducação de adolescentes e ajuda àqueles que não gostam do sistema formal dos colégios E é autora do livro Sábado à Noite.

Eu queria que você me falasse um pouco da sua infância como leitora: de como você aprendeu a ler, – se lembrar de algum título em especial cite – o -, com quais livros, quais são os seus gêneros preferidos, autores e livros marcantes.

Comecei a ler bem cedo, com três anos exatamente, e tinha alguns livros prediletos. Alguns eram da Bruxa Onilda, outros sobre mitologia. Meu preferido era Arthur e a Távola Redonda, de uma coleção da Moderna que já acabou. Cresci lendo muitas coisas diferentes, inclusive Paulo Coelho e Pedro Bandeira e depois fui me maravilhar com Harry Potter e outros temas. Meus preferidos são JK Rowling, Paulo Coelho e André Vianco. Também atualmente adoro o trabalho da Cassandra Clare!
Como você começou a a escrever? Você sempre se interessou pela escrita ou teve algum fator marcante? Se tiver alguém em especial que te incetivou, quem é? Quais são os autores que te inspiram?

Meus pais sempre me incentivaram a escrever e deram o maior apoio. Quando pequena eu escrevia mais histórias fantásticas, inclusive baseadas nas bruxinhas dos cadernos ou nas sobrinhas da Bruxa Onilda. Tinha – e ainda tenho – vários cadernos com rabiscos e idéias. Eu passava horas em um quarto de brinquedo, em casa, criando tramas e diálogos. Normalmente depois eu obrigada minha irmã a interpretá-los em uma peça com alguns amigos dela – motivo que me fez fazer cinema depois de algum tempo.
Como começou o projeto para o livro Sábado à Noite e como veio a ideia da fic e depois transforma – lo em livro? Eu sei que não tem um editora no meio. Como é pra você divulgar por conta própria seu livro e ver o retorno das pessoas que já leram? O que te inspira a escrever? Bandas, músicas, lugares, pessoas?

Comecei a escrever Sábado à Noite como projeto para a internet e os fãs de McFLY. Fanfic mesmo. Apesar de ter criado os personagens e a história, muito deles eram baseados em amigos e nos garotos da banda. As leitoras sempre me davam feedback e isso me deu coragem de transformar em livro. Não procurei editora nenhuma, preferi lançar logo independente. Gosto de fazer as coisas do meu jeito e eu queria me testar como autora. Fiz o que eu pude. Se divulgar é muito complicado. Você precisa abdicar de muita coisa pra isso. Inclusive conhecer seu público alvo e trabalhar dia e noite pra ele. Ver o retorno desse trabalho é maravilhoso, inclusive porque tem sido super positivo. Existem pouquíssimas resenhas ruins do meu livro e sei que isso se deve ao carinho que tive em sua criação, edição e lançamento. Fiz pensando em mim, mas também em quem iria ler. Acho que tudo me inspira a escrever, inclusive filmes, seriados e músicas. Quando alguém me conta uma história, ou mesmo uma história minha da adolescência, me motivam a criar personagens e diálogos.
Existe alguma curiosidade à respeito do livro, de quando você estava escrevendo, por exemplo? Ou algumanovidade, agora que ela já é conhecido?

Atualmente algumas editoras entraram em contato pedindo meu livro para avaliação. Já enviei para umas cinco e espero algum resultado em breve. Positivo ou não, eu quero e vou continuar fazendo meu trabalho e a minha parte nisso tudo! Quando eu escrevi SAN, não pensei em mim mesma como personagem em momento algum. Não costumo fazer isso. As personagens nunca são parecidas comigo e eu gosto disso. Gosto de poder explorar outras pessoas, conhecê-las melhor e fazer disso um personagem criativo. Amanda, a protagonista de SAN, é super irritante, porém super adolescente. Todo mundo critica, mas sabe que tem uma parte Amanda em si mesmo.

Conheçam um Pouco de Sábado à Noite

Livro no Skoob

Amanda é popular na escola e os amigos do seu amigo de infância são considerados os ‘marotos’ do pedaço por desrespeitarem as regras. Tudo ao seu redor acaba desmoronando quando um amor mal resolvido volta à tona e a sua amizade é posta em prova. Se não bastasse, seu diretor resolve dar bailes aos sábados e uma misteriosa banda mascarada foi convocada pra tocar. Mas suas letras dizem tanto sobre ela… quem serão esses mascarados de Sábado à Noite?

Blog da Babi | Twitter | Twitter do Livro

posts relacionados

Deixe seu comentário

18 Comentários

  • Camile Cruz
    12 julho, 2011

    Ah, eu adoro a Babi! Encontrei com ela ano passado na 56º feira do livro aqui em Porto Alegre e comprei o livro, sinceramente ele é MUITO BOM! SAN foi um dos melhores livros de escritores brasileiros que eu li até hoje.
    Parabéns pela entrevista!
    perdida-entrelivros.blogspot.com

  • Sora Seishin
    12 julho, 2011

    Oi Rapha!
    Adorei essa coluna do blog! E gostei da entrevista com a Babi Dewet. Nossa, Bruxa Onilda, eu também curtia os livrinhos dela!
    Beijos,
    Sora – Meu Jardim de Livros

  • Entre Fatos & Livros
    12 julho, 2011

    Ótimo post!

    Eu ainda não li o livro, mas já vi algumas resenhas e ouvi falar mto sobre ele. Acho entrevistas uma excelente forma de conhecer o autor. Eu tb li mtos livros da Bruxa Onilda e amo até hj!

    BjoO
    Pri
    Entre Fatos e Livros

  • Nicholas
    11 julho, 2011

    Achei a atitude da babi mt corajosa! E eu sou louco pra ler o livro dela. O livro aborda tudo que eu gosto, e tem Mcfly <3 haha sem contar que a capa é perfeita.
    bjs!

  • Caçadora de Livros
    11 julho, 2011

    Que ótima entrevista!
    Parabéns =D
    Adorei o jeito simples ^^

  • Thaís Varine
    11 julho, 2011

    A Babi além de uma ótima escritora é muito simpática e atenciosa com os seus leitores. Posso provar isso desde a época em que SAN era apenas conhecido pela leitoras de fanfic do McFLY e eu fazia parte delas. Amo a história do livro e sempre releio quando tenho oportunidade. ;D

    Beijos

    Adorei o layout! *-*
    Estive dando uma olhada nos posts anteriores e adorei seu blog!
    Estou seguindo aqui.

  • Julia G
    11 julho, 2011

    Rapha, não conhecia o livro nem a Babi. São muito autores nacionais que fazem ótimo trabalho, e o blog está me dando oportunidade de conhecer mais isso.
    Muito legal a entrevista! Parabéns.

    Beijinhos
    Conjunto da Obra

  • Nathália Risso
    11 julho, 2011

    Oi Rapha 🙂

    Amei a entrevista! A Babi é super simpática! Mal posso esperar para ler SAN, tenho muita vontade!

    Muito sucesso para ela!

    Obrigada pela visita e pelo comentário!
    Tem post novo no blog: Resenha – Pacto Secreto
    Participe das promoções do blog -> http://migre.me/5e4eo
    Passa lá 🙂
    Beijos, Nath
    @brgnat
    Books In Wonderland – http://booksinwonderland.com

  • Rapha
    11 julho, 2011

    Raphinha, ameei a entrevista!! *-*

    mto sucesso pra Babi!

    Beeijocas
    Rapha ~Doce Encanto

  • Sthaelle
    11 julho, 2011

    Oi Rapha!

    Ainda não li o SAN, mas morro de vontade! rs
    Gostei da entrevista com a Babi!

    Beijos
    Thata e os Livros ~

  • Mah
    10 julho, 2011

    Ah, adorei conhecer um pouco mais sobre a autora.
    Parabéns pela entrevista.

    Beijos,
    Mah | Livro e Coração

  • Sw e Su
    10 julho, 2011

    Adorei a entrevista. A Babi é muito fofa ^^
    É muito importante incentivarmos ou autores nacionais, eles tbm são muito bons.

    Bjoks querida

    @suellennxavier
    Suellen

  • J.F Silva
    10 julho, 2011

    Ah amei essa entrevista!!!! A Babi é linda e simpática ainda vou ler seu livro!

  • Amanda Melanie
    10 julho, 2011

    Este comentário foi removido pelo autor.

  • Ana Luiza Rosa
    10 julho, 2011

    Já visitei o blog da autora algumas vezes que tive tempo,
    sempre que possível dou uma passadinha lá! Sempre quis saber mais sobre a autora… adorei de verdade a entrevista!
    Estreiou muito bem sua nova coluna no blog Raphinha!
    Acho a Bárbara uma autora de muita garra e coragem pra começar um livro sozinha! Que ela tenha muito mais sucesso em seu trabalho!
    E estou louca pra ler o livro dela, só vejo elogios!

    beijos,
    Ana Luiza
    Livros ao Meio Dia

  • Maah
    10 julho, 2011

    Muito legal a Babi Dewet publicar seu livro independente. Quero muito ler Sábado à Noite, a história é tão legal.

    Beijinhos
    Maah – Nerd Leitora

  • Kellen Baesso
    10 julho, 2011

    Que legal, adorei o post!
    Sou doida para ler Sábado à noite.
    Parabéns!
    Beijinhos

  • Rachel Lima
    10 julho, 2011

    Sempre achei a Babi ”A Cara” por ter publicado o livro independentemente e até hoje estou ansiosa para comprar o meu exemplar de SAN, hhaha. *-* O livro parece uma delícia, todo mundo fala bem dele. Tomara que ela consiga um bom retorno das editoras! Adorei a entrevista, Rafa, parabéns pela iniciativa. Abraços,

    Rachel Lima
    http://etcoetra.blog.br

  • Vídeos no canal

    @equalizeleitura
    © 2019 Equalize da Leitura • equalizedaleitura.com.brDesenvolvido com por