dezembro 12, 2011Editora Novo Conceito, Resenhas

[Resenha] Qual Seu Número?

31 Comentários

Título: Qual Seu Número?
Título Original: What’s Your Number?
Autor: Karyn Bosnak
Tradução: Ivar Panazzolo Júnior
Páginas: 414
Ano: 2011
Editora: Novo Conceito

Livro no Skoob

Delilah Darling tem quase 30 anos e já se relacionou com 19 rapazes. Sua vida sentimental não tem sido exatamente brilhante, pois todo cara que conhece parece fugir do relacionamento. Quando lê uma matéria no jornal em que a média de homens para uma mulher de 30 anos é de 10,5, fica desesperada e assustada por estar muito acima dela. Além de tudo, o artigo no jornal terminava falando que, se a mulher tivesse o número acima dessa média, seria impossível a pessoa certa. Na tentativa de não aumentar seu número e perder de vez a chance de se casar, Delilah sai à procura de seus antigos namorados e tenta reconquistá-los. Será que um deles estará disposto a esquecer o passado e começar uma linda história de amor? Qual Seu Número? revela os segredos de cada mulher e prova que, quando se trata de assuntos do coração, números são apenas uma fração de tempo.

Eu ando evitando ler resenhas de qualquer livro que eu queria ler e ainda não tive oportunidade. Com Qual Seu Número? foi exatamente desse jeito. Eu não fazia a mínima ideia do que se tratava, mas só posso dizer que adorei o livro e dei boas risadas. A Delilah é completamente pirada, super engraçada e totalmente destrambelhada.
Meu nome é Delilah Darling. Tenho 29 anos. Sou solteira, e, bem… sou uma mulher fácil. Pronto, falei. Sou fácil. Sou mesmo. Agora você sabe.

Em um pequeno e sucinto resumo: Delilah Darling (eu sempre traduzia o sobrenome dela na hora que eu lia) pira completamente depois que lê uma matéria em uma revista falando que a média de parceiros de uma mulher é de 10,5 e que quando se ultrapassa essa média, é quase impossível encontrar um marido. E como por meio homem (hahah) ela está o dobro acima da média, fica alucinada. A solução? Virar celibatária,fazer uma lista, ir atrás de todos os exs com quem ela se relacionou e ver se algum deles podem ser seu futuro marido. E depois que ela é demitida emprego, o que tem a perder rodando o estado atrás dos exs? Descobrir que uns são casados, outros são gays, outros não estão interessados e que outros continuam na mesma vida de sempre.
Nessa busca desesperada por seus exs – namorados (ficantes, peguetes, rolos, etc, etc) ela se mete em cada confusão, vai se estressar, rir, desanimar, ficar feliz, ficar (mais) louca, triste, chorar… Mas vai até o fim com o seu objetivo. E o melhor: pede ajuda para seu vizinho gato e investigador, Colin.
Para viver, é preciso assumir um risco (ou vinte, ou quarenta, ou sessenta, seja lá quantos forem). É preciso tentar até as coisas darem certo.
É um livro extremamente engraçado. É impossivel não rir da descrição da Delilah sobre os caras com quem ela já dormiu, a forma como se conheceram, as divagações e as confusões em que se meteu. Em determinadas situações, eu me perguntava: ‘Caramba, como ela se meteu com esse sujeito?’. Em outras eu não aguentava e ria tanto que barriga doía. Esse tipo de livro que consegue me envolver de uma maneira que parece que eu estou dentro da história, vivenciando realmente tudo aquilo, me encanta.
Outra coisa: livros que tem cachorros sempre vão me conquistar. E nesse, eu fiquei surpresa, por que a narração da Delilah é exatamente do jeito que eu trato a minha cachorra, é muito fofo (e fresco, e chato, e irritante, e engraçado…). E convenhamos que a Eva deu um brilho a mais na vida da Delilah. *-*
Afinal, o fato de uma mulher ser pudica e recatada pode ser emocionante por alguns momentos, pois é bom superar desafios para conseguir o que queremos. Mas, no fim das contas, isso não é muito diferente de uma embalagem, ou um detalhe. Quando você está em um relacionamento, o que conta é a essência de uma pessoa, e não os detalhes da embalagem.
E mesmo sabendo de como o livro termina a partir do momento que a Delilah começa a manter contato com o Colin, é muito gostoso ler as conversas deles, imaginar a cena dos dois juntos dentro de um apartamento compartilhando informações. E o melhor: é maravilhoso como a Delilah descreve o Colin por que eu realmente tive a sensação que eu iria abrir a porta da minha casa e ver um homem todo bom daquele parado seminu na minha frente!
A escrita é muito leve e divertida, e apesar do livro ter 400 páginas, quando você percebe já está no fim e querendo mais. A autora foi bastante inteligente e construiu bem não apenas um personagem, mas vários: Delilah, Colin, seus exs –  namorados (ficantes, peguetes, rolos, etc, etc), a família da Delilah… A diagramação está perfeita: esse tipo de check lit realmente precisa de algo a mais para que dê aquele toque especial, e podem acreditar, Qual Seu Número? não fica a desejar: tem mapas, listas, bilhetinhos, recados da secretária eletrônica, notas de rodapé (sim, por que a Delilah tem esse dom maravilhoso de escrever com notas de rodapé). E é tão diferente da maioria dos livros, que você se apaixona à primeira vista. Outro ponto que eu gostei bastante foi que a autora coloca uma trilha sonora no livro e eu simplesmente AMO quando isso acontece de um modo que não fiquei chato nem cansativo. E eu sempre vou atrás para saber se realmente combina com o trecho descrito. E vale a pena irem atrás para ouvir. O momento da leitura fica envolvente. Não gostei: da capa. Eu sempre acho que poderiam investir um pouco mais de tempo (e dinheiro) fazendo a própria capa do livro. Eu não gosto de capas que pegam do pôster do filme.
Um livro mais do que recomendado.
Final: só eu que achei estranha a última frase do livro?

posts relacionados

Deixe seu comentário

31 Comentários

  • Ju
    01 março, 2012

    Eu tenho muita curiosidade de ler esse livro!

    Descobri há pouco tempo o porquê do título, quantos homens ela já teve na vida, rs, quando li sobre o desespero dela e da tática de correr atrás dos ex já comecei a rir antes de ler! hahaha…

    Mas ao que me parece o amor da vida dela é o Colin, né? (não responde! kkkkkk) O amor sempre vem de onde a gente menos espera mesmo.

    Beijo

    Ju
    entrepalcoselivros.blogspot.com

  • Sonia
    19 fevereiro, 2012

    Pela sua resenha dá vontade de correr para a livraria e comprar o livro. O livro parece ser ótimo, aquele que você reflete e se diverte.
    No aguardo de ser sorteada no Verão Literário para poder ler logo o livro.

    soniacarmo
    Http//retalhosnomundo.blogspot.com

  • Fátima Menezes
    14 fevereiro, 2012

    Estou com esse livro aqui. Preciso ler. Acho que será meu primeiro chick-lit…

    Já li várias resenhas de Qual seu número? e não encontrei uma sequer negativa. Um bom sinal, creio. Preciso de tempo para ler a obra!

    Ótima resenha. Adoro seu blog! o/

    Beijos,

    Fátima Menezes – @fatimamd
    http://recantodecaliope.blogspot.com

  • Rafa
    12 fevereiro, 2012

    Não assisti o filme ainda porque estou louca pra ler o livro antes. Parabéns pela resenha. Bem detalhada. E me deu ainda mais vontade de lê-lo logo!

  • Isa Fernandes ∞
    09 fevereiro, 2012

    Assisti o filme e adorei! Super engraçado e tal. Estou louca pra ler o livro também. *-* Ótima resenha, viu!

  • Bruna Fazio
    08 fevereiro, 2012

    Ooolá!

    Estou louca louca loooouca para ler esse livro. Achei a sinopse super fofinha e ouvi falar muito bem desse livro! O que me assustou um pouco foi o tamanho dele! 414 páginas! Não que eu não goste de ler livros grandes, muito pelo contrário.. É só que pela sinopse, não parece que a história rende mais de 400 páginas.. Mas, vamos ver, não é?

    Beeeijos ;*

  • Téfs
    07 fevereiro, 2012

    Não leio muito livros desse gênero.. Mas esse parece ser muito divertido, a resenha está muito legal. Acho que vou dar um espaço pra ele na minha lista de livros em prioridade hehehe vou ler, com toda certeza. Depois eu venho e digo o que achei. Beijos

  • Alexandra Rodrigues
    05 fevereiro, 2012

    Quero muito ler esse livro!!!

  • Gabriela Fogliato
    02 fevereiro, 2012

    Cara, adoooorei, assiti o filme, é muuuuito bom, o livro deve ser maravilhoso! *-*

  • Viciados em TMJ
    02 fevereiro, 2012

    Parece ser legal, não vejo a hora de ler!!!

  • Priscilla
    02 fevereiro, 2012

    Adorei a resenha, parece ser um otimo livro.

  • Daniele Moreira.
    01 fevereiro, 2012

    Eu quero muito ler o livro *-*
    Ela ficou com vários caras, o primeiro que namorei já faz três anos que estou com ele, ela nem tem do que reclamar xD

  • Bianca Moraes
    01 fevereiro, 2012

    Esse livo parece ser muito bom e engraçado. Eu querooo

  • Isabela Biasetti
    01 fevereiro, 2012

    Acredita que só fiquei sabendo desse livro por causa do filme? Ainda não assisti, senão perde a graça na hora de ler né? Mas espero ler em breve, deve ser bem legal, somente a capa mesmo que acho que não agradou muita gente!

    Beijo!

  • Jessica Carvalho
    01 fevereiro, 2012

    Vi outro dia uma resenha boa e fiquei com vontade de ler esse livro. Sabe, a sua me fez ficar com AINDA MAIS vontade de ler! Tô criando super espectativas com ele espero que seja realmente bom!

    Beijos

    =*

  • Davi Ferreira
    01 fevereiro, 2012

    Não é um livro que me interessa muito , mas parece ser bem legal . Parabéns pala resenha !!
    Abraços !!

  • IlanaPrudente
    01 fevereiro, 2012

    AMEI A RESENHA! Ha tempos que quero muito ler esse livro , assim como assistir o filme, que não o fiz porque quero ler o livro antes. A resenha me deu ainda mais vontade de lê-lo!

  • Hannah Monise
    02 janeiro, 2012

    Ainda não li. Mas já vi tantas resenhas boas desse livro! Deve ser realmente muito bom.
    Mas parece que a adaptação é um pouco diferente, né?
    E capa de filme tbm não me agrada…
    Beijos

    Secrets of Book

  • Franciane
    20 dezembro, 2011

    Quanto mais leio sobre este livro mais vontade tenho de tê-lo em mãos, vc descreveu a leitura de ‘Qual seu número’ da maneira que eu imagino que será comigo, leve e divertida que te entretêm tanto que quando você vê já está no final do livro. Pronto, é um fato: preciso deste livro com urgência!

  • #Aηα мαgιєяσ#
    16 dezembro, 2011

    Oie Rapha olha eu aqui de novo <õ/ hahaha
    Eu to mega louca para ler esse livro.. e sempre leio as resenhas dele.. mais sabe ainda não tive oportunidade de comprar(ainda) mais eu toda a vez que leio a resenha dele.. fico muito mais com vontade.. de ter ele comigo de ler logo.. Afinal.. todo mundo está adorando.. hahahaha.. Sabe aquela sensação de “Quero ter, para rir também?”.. é essa que estou.. e acho que vou compra-lo de Natal para mim.. hahaha..
    Enfim.. adoreei saber o que você gostou no livro.. e a resenha mais uma vez está ótima ;D
    Beijos

    Ana Magiero
    Garota Sonhadora Em Livros

  • Amanda Melanie
    16 dezembro, 2011

    Amei a resenha.
    Já estava no topo da minha lista de livros à ler e agora vou ler com a mente mais aberta.
    Quanto à capa, também prefiro as que não tem o poster do filme, mas vai dizer que a carinha do Chris Evans não te conquistou?????
    Ele é tudo de bom. hmmmmmmmm haha

    Valeu, Raphitcha! Muito boa a resenha.

    Beijones,
    Amanda Melanie
    Literatura em Série

  • Ana Luiza Rosa
    15 dezembro, 2011

    Eu até gostei da capa do livro, mas também acho que usar o pôster de filmes para os livros não fica legal, na maioria dos livros não combinam, ou atores não batem com a aparência dos personagens principais.. sei lá é estranho.
    É eu assustei quando vi o tamanho do livro rsrs é bem grossinho! Mas que bom que vale muito a pena então Raphs! Vou dar uma chance (: E livros que me fazem muito rir, que eu tenho meu tempo todo ali centrada nele porque ele realmente está me intertindo tbm me encanta!
    Adorei a resenha!

    bjs,
    Aninha – Ofício dos Livros

  • Vivi
    14 dezembro, 2011

    Esse livro é simplesmente Ma Ra Vi Lho So!! Adorei sua resenha!! E sim, tbm achei a última frase do livro super estranha! hauhuaa

    Bjokas!
    Vivi
    Empório dos Livros

  • Isabelly
    14 dezembro, 2011

    Rapha, eu já li Qual Seu Número e simplesmente adorei! O livro é muito bom e muito engraçado; dei boas risadas lendo ele.

    Beijos,
    Bells – Just a Girl

  • Rachel Lima
    14 dezembro, 2011

    Cada dia que passa eu babo mais nos layouts que eu encontro aqui, hahahaha. Rapha! Como sempre, ótima resenha. Eu já havia visto o trailer do filme, então tenho uma noção de como é. Estou muito doida para ler, parece maragold. Eu quero ler antes de assistir o filme, faténho. *-* A história parece o chick-lit divertido que todo mundo ama, mal posso esperar para ler. Lindo aqui, Rapha *-* Beijones,

    Rachel Lima | Corujando

  • Juliana
    13 dezembro, 2011

    Eu adoreeeeeeeei, esse livro também *-*
    Li parecendo uma louca desvairada de tão bom que era, e também ri de ficar com dor na barriga hahahahaha

    Ai, o Côlin…. hahahaha
    Eu até chorei no momento “awwww” do livro, menina.

    Rapha, juro que eu não lembro a última frase do livro, e eu até pegaria pra ver, se ele não estivesse preso no meio de uma montanha de outros livros, pobrezinho D: hahahahaha

    Beijoooo!

    Ju
    julianagiacobelli.com

  • Evellyn
    13 dezembro, 2011

    Isso mesmo!

    Concordo mt… Eva deu uma graça especial ao livro e tb me diverti mt com as maluquices da Delilah – o sobrenome dela é luxo!
    Tb achei a diagramação mt linda e combinou mt…
    E sim, apesar de sabermos desde o principio o fim que teria foi mt divertido acompanhar e ver COMO aconteceu!
    Além disso Colin é uma maravilha de homem! Amei o papo deles!

    bjs
    Hey Evellyn!

  • Camila Costa
    13 dezembro, 2011

    OI Rapha! Eu não vejo a hora de ler esse livro! Vejo tantas, tantas coisas positivas! adoro esse tipo de história, e realmente um cachorro sempre faz a diferença! *—*

  • Lilian's
    13 dezembro, 2011

    Hei, tenho ouvido falar tanto nesse livro.
    tenho que dar uma big chance pra ele 🙂
    Essa de correr atras de ex’s deve ser muito engraçado mesmo, e com um lindão ajudando deve ser melhor ainda.

    Resenha muito boa hein?

  • Caçadora de Livros
    13 dezembro, 2011

    Eita lele, tenho que ler esse livro, rs.
    Só hoje, já vi duas resenhas maras dele!
    Parabéns pela sua, flor!
    Bjs

  • Sora Seishin
    13 dezembro, 2011

    Oi Rapha!!
    Publiquei hoje resenha desse livro no meu blog xD
    Gostei da sua resenha! Também gostei da Eva, ela é tão fofinha. Mas ao contrário de você, eu não curti as notas de rodapé.
    Beijos,
    Sora – Meu Jardim de Livros

  • Vídeos no canal

    @equalizeleitura
    © 2018 Equalize da Leitura • equalizedaleitura.com.brDesenvolvido com por