dezembro 18, 2011Editora Giz Editorial, Universo dos Livros

[Divulgando] Novidades Literárias #15

7 Comentários

Eeeeeeeeeeeeeee! O final de ano já está bem aí pertinho e o Natal se aproxima. Quem ainda não comprou os presentes de Natal, pode olhar as novidades e aproveitar!
• Editora Universo dos Livros •

Shadowspell: O misterioso Reino de Avalon (#2 da série Faeriewalker)

Título: Shadowspell: O misterioso Reino de Avalon
Série: Faeriewalker
Tradução: Cristina Calderini Tognelli

Magia, ilusão, ameaças…
Dana descobrirá o preço da liberdade
.

O reino de Avalon nunca mais será o mesmo. Um grupo de caçadores bárbaros liderados pelo poderoso Erlking está a caminho do reino e promete causar a destruição total do único lugar em que humanos e feéricos convivem em harmonia.

Porém, nem tudo está perdido. Dana Hathaway, uma faeriewalker com a capacidade rara de viajar entre os dois mundos e a única pessoa que pode levar magia ao mundo humano e tecnologia ao reino de Faerie, é obrigada a selar um pacto sombrio com o Erlking, que pode colocar a perder todos os seus poderes, deixando-a vulnerável perante um inimigo sedutor.
Magia, sedução e muito suspense estarão presentes na vida de Dana, que nunca mais será a mesma…
Fanpage do Livro1º e 2º capítulos

• Giz Editorial •

 Meu Everest – Realizando Um Sonho no Teto do Mundo

Luciano trocou a gravata pela mochila e o paletó por uma “parka” impermeável. Marcou as férias, despediu-se da família e saiu direto de São Paulo – Capital, para o Campo Base do Everest, a 5,3 mil metros de altura, no Nepal. Sem nunca ter feito uma caminhada com mais de dois dias. Este livro conta como foi.
     “Como era gostoso ver a expressão no rosto da turma quando eu dizia que estava indo para o Everest. Para o Nepal. Para Kathmandu. Nomes mágicos, com uma sonoridade diferente, imediatamente remetendo para: AVENTURA. Aqui estava eu, entrando no avião, a caminho do meu sonho. Do meu Everest.”
     “Vi gente que aparentemente não subiria uma escada, fazendo a trilha do Everest. Homens e mulheres com mais de 70 anos. Uma senhora, sexagenária, com uma perna mecânica. Gordos e magros. Jovens e velhos…tinha de tudo. Cada um tentando chegar ao sue Everest.”
“Enquanto eu estava no Brasil, imaginei mais de uma vez como seria interessante encontrar o Yeti, o Abominável Homem das Neves, no momento em que eu estivesse com minha máquina fotográfica em mãos. Pois andei perguntando para a turma de lá como é essa história.”

Sem heroísmo, sem sustos, sem super-homens. Este livro conta a aventura de uma pessoa comum diante de uma situação incomum. Podia ter sido você.

 • Parceria 6 •
As Crônicas de Aedyn – Os Escolhidos
Um misto de fantasia e realidade paira nas páginas de As Crônicas de Aedyn, fábula criada pelo irlandês Alister MacGrath, cujo primeiro título chega às livrarias de todo país, neste final de ano, pelo selo United Press.

O cenário: Aedyn, uma cidade encantada, com elementos que vão além da imaginação. Um território envolto em histórias fantásticas e oprimido pela ação de misteriosos senhores que confiam apenas em sua própria razão. Os heróis: duas crianças, os irmãos Pedro e Júlia que, sem querer, vão parar na terra desconhecida e se veem envolvidos nas lutas para salvar os habitantes de Aedyn de sua sentença. Este é o enredo de As Crônicas de Aedyn, primeira fábula infanto-juvenil criada pelo irlandês Alister MacGrath, pesquisador sênior do Harris Manchester College e reconhecido no meio científico por suas contribuições em assuntos mais densos, como a relação entre as ciências naturais e a fé.

Em As Crônicas de Aedyn o autor se desprende da complexidade de temas, até então, tratados por ele em obras como O Deus de Dawkins: Genes, memes e o significado da vida (2008), em que ele refuta as teorias de Richard Dawkins, a respeito da não-existência de Deus, para, em seu novo título, falar de forma lúdica e envolvente de valores como coragem, respeito, amizade, confiança e fé.

 Neste primeiro livro da série – composta por outros dois títulos a serem lançados no Brasil no ano que vem – os personagens principais da trama vão para a casa dos avós, onde jamais poderiam suspeitar que as férias tomariam um rumo totalmente inusitado… De maneira misteriosa, os dois vão parar em um mundo habitado por seres fantásticos, marcado por estranhos ruídos e personagens “ fora do comum”, como um monge de 500 anos de idade que fala de uma antiga lenda sobre duas crianças que um dia viriam para salvar Aedyn de seu destino fatal…

Com aberta inspiração nos clássicos de C.S Lewis (As Crônicas de Nárnia, 1950)) e J.R.R Tolkien (O Senhor dos Anéis, 1954), a obra de MacGrath foi escrita com elementos fortes que remetem à criatividade, suspense e espiritualidade. No primeiro título da trilogia, Os Escolhidos, a mensagem que o autor imprime na trama é a de que é possível confiar em algo muito maior, mesmo quando tudo parece absurdamente sem solução. O livro também explora a importância de se aprofundar com maior afinco em determinadas questões antes da tomada de uma decisão. E destaca a fé como um dos valores intrínsecos à elas. “Muitas das questões tratadas no livro têm a ver com o modo que nos relacionamos com situações que não podemos ver, mas que ainda sim acreditamos ser possível. E revela que esse tipo de postura nos ajuda a encontrar o sentido das coisas e a lidar com situações que, com frequência, parecem muito difíceis e desconcertantes”, reforça o autor.

TCHICK
As férias do nerd Maik Klingenberg naquele verão prometiam ser péssimas: a mãe, mais uma vez, fora internada numa clínica de desintoxicação, e o pai teve que fazer uma “viagem de negócios” com a secretária de dezenove anos. De quebra, a menina por quem Maik estava superafim, Tatjana, “esquecera” de convidá-lo para sua festa de aniversário – a balada mais aguardada do ano. O que prometia ser um tédio total muda completamente quando Tchick, o colega mais esquisito da turma, aquele de quem todos queriam distância, aparece com um velho Lada Niva roubado e acaba por convencer Maik a viajar com ele até a Valáquia, para visitar os avós e… umas primas gostosas. Valáquia?! Descobrir onde fica esse lugar seria bem mais fácil do que chegar até lá, pois não é moleza atravessar um país sem mapa para se orientar, sem carteira de motorista, com quase nenhum dinheiro e dirigindo um carro roubado. Tudo isso aos catorzes anos de idade, e tendo a polícia nos calcanhares.

Com 120.000 exemplares vendidos na Alemanha (desde agosto de 2010), Tchick é mais que um romance de aventura, repleta de peripécias narradas com muito bom humor e impressionante agilidade: é a história de dois garotos que, de repente, resolvem descobrir, afinal, o que é viver – mesmo sem saber que estavam fazendo isso. Os aventureiros enfrentam situações que nunca experimentaram antes – algumas, inclusive, em que correm grande perigo –, conhecem pessoas diferentes e até estranhas – mas nem por isso ruins –, e descobrem o quanto a amizade pode ser forte e importante na vida. É isso: Tchick é um romance sobre a descoberta da vida.

Booktrailler:

posts relacionados

Deixe seu comentário

7 Comentários

  • Franciane
    20 dezembro, 2011

    Desses listados por você, o Shadowspell é o que eu estou mais do que interessada em ler, mesmo sem ler Glimmerglass … rs Quero ver se consigo comprar os dois juntos no ano que vem. Você pode se sentir culpada por ter despertado a minha curiosidade sobre o livro ‘As crônicas de Aedyn’, amei a capa e a história parece ser do estilo que eu curto. Mais um livro entrando para minha lista de desejos.

  • Alquimia dos Romances
    19 dezembro, 2011

    E cada dia que passa minha lista aumenta mais e mais… kkkkkkkkkkkkkkkkkk
    Se eu comprar todos os livros que vc indica Raffa, vou a falência fácil fácil… Até evito de ler suas resenhas… kkkkkkkkkkkkkkkk

  • Ana Luiza Rosa
    19 dezembro, 2011

    Gostei muito do TChick parece ser um livro completamente diferente do que estamos acostumados, só pelo book trailer dá pra ver. novidades bem legais.

    bjs,
    Aninha – Ofício dos Livros

  • Camila Costa
    18 dezembro, 2011

    oi Rapha!
    Achei a capa de shadowspell linda; so que realmente nao tem NADA A VER com a de gimmerglass entao fiquei meio sei lá kk

  • Juliana
    18 dezembro, 2011

    Só eu achei essa capa de Shadowspell ESTRANHA DEMAIS?? Ela nem parece continuação de Glimmerglass 🙁

    E o pior é que todo tá falando que adorou ><“
    Eu preferia a original, mimimimi 🙁

    Mas, ainda assim, é uma série que eu quero muito ler *-*

    ENFIM hahahaha

    A capa de As Crônicas de Aedyn é liiiiinda, adoro livros com temática épica/mágica/mundos distantes o/ É um que com certeza entra pra minha listinha hahaha

    Beijo, Raphs!! =***

    Ju
    julianagiacobelli.com

  • Ana Leonilia
    18 dezembro, 2011

    Curti demais as novidades!! 😀

    Shadowspell: O misterioso Reino de Avalon (#2 da série Faeriewalker – quero muito ler! Mais uma série pra minha lista!

    Meu Everest – Realizando Um Sonho no Teto do Mundo – uma aventura e tanto. Vai pra lista!

    As Crônicas de Aedyn me interessou no início; mas qdo eu li a sinopse, me lembrou tanto as Crônicas de Nárnia (que eu gosto muuuito), que desanimei.

    Bjs 😉

  • - kiki s.
    18 dezembro, 2011

    Me interessei nesse TCHICK *—-*
    Beijinhos :**

    http://londondreamylondon.blogspot.com/

  • Vídeos no canal

    @araphadoequalize
    © 2020 Equalize da Leitura • equalizedaleitura.com.brDesenvolvido com por