Editora Intrínseca, Resenhas
[Resenha] Sussurro
12.mar.2012

Título: Sussurro
Título Original: Hush Hush
Autor: Becca Fitzpratrick
Tradução: Livia de Almeida
Páginas: 259
Ano: 2010
Editora: Intrínseca

 Livro no Skoob

Nora é uma menina responsável. Aos 17 anos, ela tira boas notas e sempre avisa à mãe aonde vai e o que está fazendo. Nem mesmo garotos a fazem perder o foco nos estudos. Até porque, apesar das tentativas de sua melhor amiga, Vee, de lhe arrumar um pretendente, ela nunca se interessou por ninguém na escola. Pelo menos não até conhecer Patch, seu novo colega na aula de biologia. Ele parece estar em todos os lugares e saber tudo sobre ela. Seu jeito ao mesmo tempo sedutor e perigoso faz com que Nora fique imediatamente intrigada. E encantada.

É então que eventos estranhos começam a acontecer. Um homem usando uma máscara de esqui salta diante de seu carro, seu quarto é invadido e aparentemente alguém está tentando matá-la. Nora não sabe em quem confiar. Quando Vee conhece dois novos rapazes e tenta arranjar um encontro, as coisas só pioram. Nora está assustada a maior parte do tempo. Patch é o da máscara de esqui? Ou será Elliot, o novo garoto com quem Vee quer que ela saia?

Em sua busca por respostas, Nora está prestes a se descobrir no centro de uma batalha ancestral entre seres imortais e anjos caídos – uma disputa que não se resolverá sem sacrifícios.

Eu li Sussurro há uns anos atrás, antes mesmo de ser lançado aqui no Brasil pela editora Intrínseca, em e – book. E sinceramente? Não gostei. Mas por diversos motivos, entre eles o de todo mundo ser doido pelo Patch e eu não entender os motivos, pedi o livro para editora para saber se por algum motivo (tradução, formatação, etc) eu poderia mudar minha opinião. Vamos lá.
Nora Grey mora com sua mãe em Blith, num casarão afastado da cidade e civilização, como a sua amiga Vee gosta sempre de relembra – la. Sua mãe trabalha para um empresa de leilões e passa grande parte da semana fora de casa, viajando. E depois da morte abrupta do seu pai, ela se acostumou a ficar sozinha na casa, por vezes com a presença da empregada. Quando na aula de Biologia o professor obriga os alunos a se separarem e sentarem com duplas diferentes, ela conhece Patch: lindo, enigmático, com uma aura maligna e extremamente sexy. Porém, desde o fatídico dia em que conhece Patch e mantém contato com ele, coisas estranhas começam a acontecer em sua vida e as dúvidas começam a zumbir por sua cabeça: histórias estranhas, pensamentos agitados, sonhos e presenças que atormentam. E sempre Patch está envolvido. Ou Nora pensava que sim. Como resolver todos esses problemas, descobrir os segredos de Patch e se manter segura? Como resistir ao charme, mesmo com toda a presença intensa e macabra que ele emana? Até onde é real ou não? Como seguir, agora que sabe que ele é um anjo caído?
Confesso que a temática anjo me atrai, quando a história é bem elaborada. O problema é que poucos autores conseguiram criar algo original com base nisso. Em Sussurro eu fiquei com esse sentimento. O livro demora a desenrolar, e até chegar a ação realmente da história, eu achei entediante. A Nora não é uma personagem cativante, engraçada nem nada disso. Eu até achei que a própria autora tentou escrever de uma forma engraçada, mas não conseguiu, ficou forçado. Ela é a típica mocinha que precisava ser salva de tudo e de todos, que não consegue se defender e é a última a perceber o que está errado. É comum, que está ali simplesmente como protagonista, mas que na verdade não faz muita diferença. E eu não consegui gostar tanto assim do Patch. Ele é um personagem normal, sem muitas características para se tornar atraente aos meus olhos. Ele possui um ar a la bad boy, mas a verdade é que não foi construído para que se remetesse a essa imagem. Usar roupa preta e botas não faz de ninguém um bad boy.
No momento em que se conta sobre a anjos, nefilins, os motivos para eles terem caido e toda a história envolvente que rodeia o livro, é interessante. Contudo, fica nisso. Faltou originalidade e fiquei desapontada pela história não ter um desenvolvimento mais aprofundado. Eu ainda não gosto da série. Na verdade, não gosto nem desgosto. Mas continuo a não participar do frenesi da maioria das pessoas que leram o livro sobre determinados personagens. Pode ser que a minha opinião mude em Crescendo, mas por enquanto não. Eu continuarei a ler apenas para saber qual rumo a autora dará, já que o final não remete para nenhum possível conflito posterior, então veremos o que ela trará para trama.
A Intrínseca como sempre fez uma edição linda, a capa é representa bem a história do livro, tem uma diagramação simples, porém agradável com início de capítulos personalizados. Não vi nenhum erro de digitação.

0 Comentários

Todos os comentários passam por aprovação, antes de aparecerem aqui! Vamos ler e responder todo mundo com muito carinho!

Nome: Email: Website:
Protected by WP Anti Spam

Assista aos Vídeos
[wonderplugin_carousel id="2"]
Equalize da Leitura © 2010 - 2016 ♥ Todos os direitos reservados
Tema desenvolvido por Débora M.