maio 16, 2012Sem categoria

Eu vou à Bienal 2012 – E agora?

0 Comentários

Desde ontem, quando eu estava pensando a respeito da minha viagem à Bienal de SP 2012 e procurando por hotéis/albergues/moteis/casas/aparatamento/qualquer lugar pra ficar, que eu queria mostrar para vocês tudo que vem acontecendo comigo, os meus preparativos para a viagem e coisa e tal. Mas principalmente, queria compartilhar os meus sentimentos a respeito, que estão muito conflituosos no momento. Essa coluna vai ser para falar sobre tudo relacionado com a Bienal, até lá! E também para compartilhar e saber mais sobre quem vai, trocar dicas e tal.  Espero que curtam!
A história toda começa na Bienal do RJ no ano passado. Ver todas as fotos de blogueiros com livros autografados, com seus autores, o contato e o poder conversar com quem escreveu aquele livro que tanto te emocionou, me fez ficar cm aquela pitadinha de inveja. Sem contar que vários conheceram o pessoal que trabalha nas editoras e se divertiram muito conhecendo outros blogueiros. E a Rapha? Em Brasília, chupando dedo. Resolvi que esse ano eu não ficaria apenas olhando e participaria ativamente. Comecei a guardar minha graninha e a espalhar aos quatro cantos do mundo que iria a Bienal.
Bateu a primeira sensação: e se acontecer alguma coisa comigo?
Vamos lá. Eu nunca viajei sozinha. Na verdade, os únicos dois lugares na vida que eu conheci foi o Piauí e o Goiás e as minhas experiências não são nada legais com relação a essas viagens. E depois, eu estaria viajando completamente sozinha pela primeira vez!! Yuuupi!! Nem preciso dizer que está sendo um passo enorme pra mim. [editado] A minha mãe até chegou a dizer que me prenderia em casa e não me deixaria ir. Mas eu falei pra ela que eu fugiria. E a partir daí as coisas começaram a ficar legais, por que tudo que eu falava, ela acreditava. *Momento de atormentar o juízo da mãe mode on* Sensacional! hahaha [/editado] Apenas uma certeza eu tinha: eu vou. Caso contrário, só se eu morrer até lá. (Sei que foi dramático, mas foi verdadeiramente o meu pensamento)
Depois bateu a sensação de VOU ESTAR NA BIENAL EM SÃO PAULO!!! *-*
Bienal, bienal, bienal! Sim!! Eu estaria em uma das maiores feiras de livro do mundo inteiro, conhecendo várias pessoas que eu sempre desejei no fundo do meu coração poder dar um abraço! Sem contar que eu vou poder tomar um café na Starburcks, visitar o Ibirapuera, ir ao MASP, visitar a rua 25 de março… *sonhando*
Aí veio: Caramba, como eu vou arcar com as despesas?
Essa está sendo uma das partes mais tensas. Passagem – mala – hospedagem – comida – transporte – festas – entrada da Bienal – etc… Gente, quanta coisa pra prestar atenção e correr atrás! Está para eu ficar com a Bruxinha do Diário de Uma Leitora Compulsiva, com a Nica do Drafts da Nica e com a Jessy, que vai sair daqui de Brasília comigo. Estou querendo ficar de 11 até 18 de agosto, mas está dependendo de N’s fatores. Por enquanto, está combinado. Faltando apenas 2 meses e 23 dias pra Bienal, percebo que eu tenho que correr atrás de muita coisa ainda.
Passagem:
A passagem de Brasília para São Paulo fica entre R$85,00 e R$120,00 dependendo do horário do voo. Como eu nunca andei de avião e queria de verdade pular essa parte da viagem por que eu fico nervosa só de imaginar, vou junto com a Jessy que aí podemos agarrar o braço uma da outra na hora do medo. 😀 Não esqueçam que o próprio site da Bienal está dando um cupom de desconto para as passagens que forem compradas no período.
Hotel: 
Ontem eu fiquei realmente desesperada quando estava à procura de um local pra ficar. De verdade, quando tudo está saindo REALMENTE do seu bolso, você começa a pesquisar como uma louca – frenetica – que – precisa – desesperadamente – de – um – lugar – pra – ficar – ou – então – de – um – coleguinha – blogueiro – de – bom – coração – pra – pelo – menos – ceder – um – balde – de – água – quente – pro – banho.  Ou um lugar que seja de qualidade, bem localizado, com comida por perto e o metrô, óbvio. Ou que eu possa me deslocar com facilidade, tenha festinhas à noite e que eu não me perca. hahahaha Primeiramente, já consegui um hotel super bacana pra ficar por um preço acessível durante esse perído. Eu encontrei também um albergue bem legal, mas como não vou sozinha pra dividir essa parte, não posso falar que eu vou ficar em tal lugar e ponto final. Então, vamos ficar com essa parte em aberto para quem sabe, um futuro post.
Compras
No final de semana eu comecei a comprar algumas coisas pra levar. Primeiramente, foi uma mala de rodinhas decente e bem bacanuda pra colocar tudo que eu preciso, inclusive alguns livros que eu vou levar daqui para serem autografados, dependendo dos autores.
A mala é média e a Nay me perguntou via twitter se não era muito para levar. Como eu nunca viajei, eu penso que é suficiente pra colocar o que eu vou precisar. Fora isso, eu vou levar minha mochila como bagagem de mão. Estou exagerando?
Acho que para um primeiro post, já falei sobre muita coisa. Comentem, falem pra mim o que vocês acharam e as sugestões que vocês tem pra essa blogueira de primeira viagem que vai à Bienal.

P.s.: Obrigada Amandinha, pelo selinho! 🙂

posts relacionados

Deixe seu comentário

Vídeos no canal

@araphadoequalize
© 2020 Equalize da Leitura • equalizedaleitura.com.brDesenvolvido com por