Editora Novo Conceito, Resenhas

Título: A Escolha
Título Original: The Choice
Autor: Nicholas Sparks
Páginas: 307
Ano: 2012
Tradutor: Ivan Panazzolo Júnior
Editora: Novo Conceito

Livro no Skoob

Travis Parker possui tudo o que um homem poderia ter: a profissão que desejava, amigos leais, e uma linda casa beira-mar na pequena cidade de Beaufort, Carolina do Norte. Com uma vida boa, seus relacionamentos amorosos são apenas passageiros e para ele, isso é o suficiente. Até o dia em que sua nova vizinha, Gabby, aparece na porta. Apesar de suas tentativas de ser gentil, a ruiva atraente parece ter raiva dele. Ainda sim, Travis não consegue evitar se engraçar com Gabby e seus esforços persistentes o levam a uma jornada que ninguém poderia prever. Abrangendo os anos agitados do primeiro amor, casamento e família, A Escolha nos faz confrontar a questão mais cruel de todas: Até onde você iria manter o amor de sua vida?
Já não tenho mais palavras para descrever a emoção que é ler algo do Nicholas Sparks. Toda vez ele me surpreende (ok, apenas uma ou duas vezes eu não gostei realmente da história), mas dessa vez eu eternizei tanto A Escolha em meu coração que não sei mais decidir qual livro do autor eu gosto mais: Querido John, Um Homem de Sorte ou esse.
Travis é um veterinário que adora esportes radicais, vive bem com seu cachorro Moby e que adora receber a visita de seus amigos, com mulheres e filhos incluso no pacote. Gabby é sua nova vizinha e eles se encontram pela primeira vez quando a mesma aparece na sua porta surtando e acusando – o. O que não esperavam, porém, é que o amor por cachorros fosse um dos primeiros motivos para que esses dois se unissem e conseguissem trocar mutuamente experiências que mudaria para sempre a vida dos dois.
A premissa do livro é bem clichê: uma garota obediente, que sempre fez tudo que os pais desejou, que se sente inadequada e acabou sendo frustrada em seu desejo profissional por causa da família. Enquanto isso, um homem autossuficinte, que tem a vida cheia de aventuras, solteiro e que está muito bem assim. O que difere no entanto, é que Gabby e Travis foram bem construídos por Sparks e é aqui que ele consegue levar os pontos! Eles não foram jogados e o autor impôs que eles seriam de tal maneira e com essas características. Eles vão sendo moldados com a necessidade da história, criando pontos relevantes que seria importante apenas para o enredo, sem pecar no fantasioso. Ambos são carismáticos, divertidos, com diálogos gostoso de ler. O autor utiliza de palavras que fazem a nossa imaginação criar exatamente a cena descrita em detalhes, nos entretendo com nossos próprios pensamentos e criando a face para os protagnistas.
– O amor é uma coisa maravilhosa. Faz a vida valer a pena. Eu amo amar.  
– Você fala como se tivesse bastante experiência. Mas mantenha em mente que o verdadeiro amor dura para sempre.
A Escolha é o tipo de livro que você percebe apenas tocando que ele tem algo especial. Enquanto lia, confesso, senti inveja de como o Nicholas conseguiu criar personagens tão marcantes e com características tão particulares. É um livro que foi bem trabalhado e principalmente bem escrito: percebemos as diferenças entre os outros livros do autor. Aqui os detalhes são importantes, o carisma no personagem pesa na hora de demonstrar sua personalidade, os sentimentos passados são intensos e a reflexão inevitável. Até onde você iria para manter a pessoa que você ama?

– Eu sempre vou te amar – disse ele, buscando palavras adequadas para confortá-la, sem conseguir encontrá-las.

– Eu acredito em você – sussurrou ela. Ela passou o braço entre o de Travis e apoiou a cabeça no ombro dele. – É por isso que estou aqui.

Um único aviso: mantenha em mente que é um livro do Nicholas, então não fique esperando um final extremamente supreendente. Até por que é capaz que no começo do livro você já perceba como o final irá terminar. O importante é: como o autor conseguiu chegar a esse final. E as lições que a leitura nos traz. Ficamos tão angustiados, curiosos, temerosos e até triste com as suposições do que aconteceu e como a história será concluída mas não conseguimos não simpatizar com a Gabby e o Travis. Outro ponto que eu gostaria de frisar: TODO, to – do o livro que tiver cachorros eu irei me apaixonar, é inevitável. E nesse então, os amiguinhos não ficam em segundo plano. Eles tem uma participação mais do que especial. E ler personagens que gostam tanto de cães quanto eu me faz suspirar.

A Novo Conceito mostra mais uma vez sua delicadeza e cuidado com o livro inteiro, e para nós parceiros, o kit inteiro que é incrível. Não gosto da capa de livros com pessoas, porém, já se tornou uma marca registrada tanto da editora quanto das capas dos livros do autor. A diagramação é simples e com uma fonte agradável de leitura.

0 Comentários

Todos os comentários passam por aprovação, antes de aparecerem aqui! Vamos ler e responder todo mundo com muito carinho!

Nome: Email: Website:
Protected by WP Anti Spam

Assista aos Vídeos
Equalize da Leitura © 2010 - 2016 ♥ Todos os direitos reservados
Tema desenvolvido por Débora M.