setembro 19, 2012Filmes

[Indicação de Filme] Piratas Pirados!

0 Comentários

Título Original: The Pirates! Band of Misfits

Diretor:Jeff Newitt, Peter Lord
Elenco: Hugh Grant, Imelda Staunton, Martin Freeman, David Tennant, Jeremy Piven, Salma Hayek, entre outros
Duração: 88 minutos
Ano: 2012
País: Reino Unido / Estados Unidos
Gênero: Animação

O Capitão Pirata (Hugh Grant) mais uma vez disputa o cobiçado título de Pirata do Ano, com seus rivais: Perna de Pau Hastings (Lenny Henry), Black Bellamy (Jeremy Piven) e Liz Perigosa (Salma Hayek). Desacreditado por todos os corsários que frequentam o bar da Ilha Sangrenta, Capitão Pirata sai em busca de navios para saquear. No caminho, invade a embarcação de ninguém menos que Charles Darwin (David Tennant), que lhe faz uma importante revelação: Polly, o pássaro de estimação do Capitão que ele pensava ser um papagaio é, na verdade, um dodô, ave há muito considerada extinta. Darwin, almejando o reconhecimento científico, e o Capitão Pirata, visando um prêmio em dinheiro, decidem ir juntos à premiação do Cientista do Ano. Mas obviamente as coisas não são tão simples assim…
A premiação acontece em Londres, território fortemente protegido pelo exército da Rainha Vitória (Imelda Staunton), a inimiga número 1 dos piratas. Além de enfrentar a fúria da rainha, Capitão Pirata também tem que lidar com as trapaças de Darwin, que a toda hora inventa um jeito de roubar Polly com a ajuda de seu fiel escudeiro, Mr. Bobo.
A trupe do Capitão Pirata é formada por personagens inusitados e divertidos, como o Pirata Surpreendentemente Curvilíneo, o Pirata Albino, o Pirata com Gota e o Número 2, seu braço direito e principal incentivador. O chimpanzé Mr. Bobo é um show à parte. Comunica-se por meio de cartazes e muitas vezes parece ser o único animal racional da história.
Obviamente a animação é voltada para crianças, mas detalhes, como as participações ilustres de Jane Austen e do Homem-Elefante, figuras clássicas da sociedade londrina do século 19, são achados que apenas adultos apreciarão. A cuidadosa recriação das vielas escuras e sombrias da cidade, London Calling na trilha sonora e referências a 2001 – Uma Odisseia no Espaço e passos do moonwalker completam o deleite dos marmanjos.
Sou fã incondicional de animações, principalmente aquelas que usam a tradicional técnica de stop motion. Nenhuma tecnologia no mundo consegue superar a beleza da produção artesanal do quadro a quadro. Para mim, o próprio aspecto rústico e mal acabado é que dão o toque especial. No caso de Piratas Pirados!, a tecnologia digital foi incorporada ao stop motion, melhorando a definição (o que permitiu até o uso de 3D) sem perder as características da massinha, provando que é possível unir tecnologia de ponta e métodos tradicionais simples para criar um mundo de fantasia perfeito. Minha única reclamação é que, por causa do maldito 3D, as cópias 2D foram praticamente eliminadas as salas de exibição. Como não consigo assistir a nada que seja em 3D, tive que esperar até agora para conseguir ver o filme.
Recomendo a quem gostou de A Fuga das Galinhas e da série Wallace & Gromit, a fãs de animação, aos que gostam de filmes divertidos e a todos que apreciam uma boa história, não importa o estilo.
 Beijo e até a próxima!

Sobre o Autor:
Michelle, 33 anos, paulistana, tradutora formada em Letras pela PUC-SP, apaixonada por idiomas, mesmo aqueles que não entende. Viciada em filmes, livros e séries, adora ir a shows de rock e nunca abre mão da sobremesa.

Colunista de filmes e séries no Equalize da Leitura, mas às vezes também posta resenhas de livros.

posts relacionados

Deixe seu comentário

Vídeos no canal

@equalizeleitura
© 2020 Equalize da Leitura • equalizedaleitura.com.brDesenvolvido com por