dezembro 18, 2012Filmes

[Indicação de Filme] Escrito nas Estrelas

0 Comentários

Título Original: Serendipity

Diretor: Peter Chelsom
Elenco: Kate Beckinsale, John Cusack, Eugene Levy, Molly Shannon, John Corbett, Jeremy Piven, Bridget Moynahan, entre outros
Duração: 90 minutos
Ano: 2001
País: Estados Unidos
Gênero: Romance

No meio do tumulto das compras de natal, o acaso faz com que os caminhos de Jonathan Trager (John Cusack) e Sara Thomas (Kate Beckinsale) se cruzem quando ambos disputam o último par de luvas pretas de uma loja. Ela queria comprar as luvas para o namorado; ele tinha decidido dar o mesmo presente a sua cara-metade. Por cavalheirismo, Jonathan deixa que Sara fique com o mimo e ela, para retribuir a gentileza, convida Jonathan para comer em sua confeitaria preferida. Eles passam uma noite agradável passeando por Nova York e percebem que estão mutuamente atraídos, embora estejam comprometidos com outras pessoas. Quando Jonathan propõe uma troca de telefones, Sara diz “não” e coloca o futuro de ambos nas mãos do destino, sugerindo um plano ousado para provar sua teoria de eventualidades felizes.
Semana passada eu estava procurando um filme para assistir e comentar aqui no blog, mas nada me animava. Com a correria típica de fim de ano e o volume absurdo de trabalho que preciso entregar antes de poder relaxar e cantar “Noite Feliz” (ou do mundo acabar, o que ocorrer primeiro), queria alguma coisa que fosse leve e não exigisse demais do meu pobre cérebro. As eventualidades felizes (uma das traduções literais de “Serendipity”, que também é o nome da confeitaria do filme) começaram quando decidi participar do Desafio Literário 2013 e vi que um dos temas é “Livros citados em filmes”. Entre as sugestões de leitura listadas no site estava o livro “O Amor nos Tempos do Cólera”, do Gabriel García Márquez, que é mencionado no filme em questão. O livro é um dos que quero ler faz tempo e já tenho aqui em casa, mas o filme eu desconhecia. Como sou muito desconfiada e “só acredito vendo”, resolvi assistir ao filme para confirmar se o livro aparecia ou não. E, para minha felicidade, o livro não só aparece, como tem um papel fundamental na história!
Resumindo, não tive como negar “os sinais” do acaso e acabei assistindo a “Escrito nas Estrelas”. Como todo romance, o final é previsível desde a primeira cena, mas o que importa aqui são os encontros e desencontros do casal. Jonathan põe Nova York de cabeça para baixo para encontrar a amada, enquanto Sara tenta se convencer de que seu futuro é ao lado do namorado/noivo Lars Hammond (John Corbett), músico exótico e egocêntrico que coloca sempre a banda em primeiro lugar. Jonathan também está prestes a se casar, mas conta com a ajuda do melhor amigo, que trabalha no New York Times, para rastrear as informações que podem levá-lo até Sara.
Vale destacar ainda a beleza de Nova York “vestida para o natal”, principalmente o parque com o rinque de patinação (adoro!). Ah… e para quem vive reclamando dos títulos traduzidos para o português, tenho que dizer que acho “Escrito nas Estrelas” uma ótima saída, pois a expressão não só é um sinônimo de “destino”, como também é importante na trama, já que as estrelas são coadjuvantes.

Indico para fãs de romances, filmes natalinos e apaixonados por livros. Quem gosta de histórias em que o destino é um dos personagens principais, dê uma espiada em outra indicação de filme do mesmo tema que já apresentei aqui: Love Likes Coincidences.

Segue o trailer (infelizmente, não achei com legenda)

Beijo e até a próxima!
Sobre o Autor:
Michelle, 34 anos, paulistana, tradutora formada em Letras pela PUC-SP, apaixonada por idiomas, mesmo aqueles que não entende. Viciada em filmes, livros e séries, adora ir a shows de rock e nunca abre mão da sobremesa.

Colunista de filmes e séries no Equalize da Leitura, mas às vezes também posta resenhas de livros.

posts relacionados

Deixe seu comentário

Vídeos no canal

@equalizeleitura
© 2020 Equalize da Leitura • equalizedaleitura.com.brDesenvolvido com por