Editora Novo Conceito, Resenhas

Título: Por Um Momento Apenas
Título Original: From This Moment On
Autor: Bella Andre
Ano: 2012
Páginas: 272
Tradução: Ana Paula Doherty
Editora: Novo Conceito

 Livro no Skoob

Durante 36 anos, Marcus Sullivan fora o irmão mais velho, ajudando a cuidar de seus sete irmãos após a morte do pai, quando ainda eram crianças. No entanto, quando o futuro perfeito que ele planejara para si próprio transformou-se em nada além de uma mentira, Marcus precisa de uma noite de loucura para se esquecer de tudo.
Nicole Harding é conhecida no mundo todo por apenas um nome — Nico —, graças à sua música pop contagiante. No entanto, o que ninguém sabe sobre essa cantora de 25 anos é que sua imagem de símbolo sexual é totalmente falsa. Depois de ter sido terrivelmente traída por um homem que amava a fama mais do que a ela, jurou nunca mais deixar ninguém se aproximar a ponto de descobrir quem ela realmente é… ou de magoá-la novamente.
Principalmente aquele homem maravilhoso que Nicole conhecera em uma boate, ainda que o desejo — e as promessas transgressoras — em seus olhos negros a fizessem querer revelar todos os seus segredos. Uma noite é tudo o que Nicole e Marcus concordam em compartilhar um com o outro. Contudo, nada acontece como planejado quando, em vez de uma simples relação carnal, descobrem-se ligados de uma forma pela qual nenhum dos dois esperava. E, embora tentassem lutar contra isso, os sentimentos incontidos — e a atração profunda — os aproximava cada vez mais.
Confiram  a resenha de Um Olhar de Amor, o primeiro da série.
Dessa vez vamos conhecer Marcus Sullivan, o mais velho dos 8 irmãos. Ele é muito responsável e sério, isso se deve, basicamente, ao fato dele ter ajudado a criar os seus outros irmãos quando o seu pai morreu. Com isso, acabou  que ele esqueceu um pouco de si próprio para e dedicar à sua família. E o livro começa dele saindo da festa de noivado do Chase, mega chateado, triste, desolado e solitário já que pegou a mulher que pensava que amava na cama com outro. Nicole Harding é uma super popstar que está cansada da mídia ficar falando mentiras a respeito da sua vida: que ela sai com todos os homens e um a cada noite. E nem chegam aos finalmente. Numa noite, resolve que realmente vai dar motivos para todos os jornais e tablóides falarem dela e sai para uma festa em busca de um homem para passar a noite. Quem ela encontra? Sim, nosso querido protagonista masculino. E aí então começa o mimimi da história toda, com eles se desentendendo tentando se entender, compreendendo um ao outro sem realmente compreender e lutando para ficar junto, já que por algum motivo tolo eles pensam que isso não pode acontecer.
Mais uma vez eu fico um pouco sem palavras de como descrever esse livro. É tudo tão o mesmo do primeiro que vai até ficar repetitivo. O contexto é fraco, continuamos com a paixão de 5 segundos e preciso ficar com você para sempre, a autora tenta trazer um pouco de S&M para a história, mas fica bem superficial (o que eu agradeci internamente, confesso) dando apenas a entender uma coisa aqui e  ali e o Marcus não é um cara atraente, no meu ponto de vista. E outra: mesmo com as descrições e tentativas da autora, ele e a Nicole não conseguiram me conquistar como personagens principais. Apenas mais um para a lista do não me convenceu. Sabe o que é pior? Esses amores para vida inteira que acontece em poucos minutos. Cadê o conquistar, conhecer, correr atrás, lutar, namorar e depois de vários estágios (vários mesmos) amar? Esse mundo está tão banalizado que até na leitura vendem amor como se estivessem vendendo algodão doce. Cadê a credibilidade?
Tem uma ou outra cena que foi agradável de ler, mas em resumo: não. Não convence, não desce, não acredito que estão investindo tanto nessa série. Não acredito que a Nicole entrou no táxi com o Marcus, pegou o telefone, falou com a mãe dele e pam: confiava cegamente naquele homem desconhecido. Desculpa, mas quantas mulheres fazem isso nos dias de hoje? Eu não faço! Quem vai para qualquer lugar com um desconhecido qualquer que acabou de conhecer em uma balada? Quão surreal isso é? Porque sim, é surreal para mim. Mais uma vez a autora peca: são pessoas reais. E a maior parte das pessoas reais não vivem situações irreais com essa que ela está narrando! Não, não, não. Perceberam, né? Não gostei. Os mesmos elementos do primeiro livro, contando a história de outro irmão, mas vestindo uma outra roupinha e colocando a mesma receita fizeram o amor para sempre da história. Esse livro ainda pior que o primeiro. Ou eu estou muito exigente com o que eu leio ultimamente ou esses livros estão mal escritos e não estão me atraindo. Quanto ao mal escrito me refiro basicamente ao enredo, já que a escrita da autora é passável.
O trabalho gráfico é do mesmo jeito que do livro anterior. Só acho ainda que esses romances de bancas transvestidos em um acabamento melhor não fazem a menor dierença. Apreciaria (talvez) mais a história simplesmente se tivesse sido publicada por outra editora especialista nesse tipo de publicação, pelo simples fato de já esperar isso do catálogo deles e não do catálogo da Novo Conceito.
De uma forma brusca a autora insere Gabe no final da história, afinal, ele é o protagonista do próximo livro e o que eu espero que seja o menos ruim de todos até aqui.

Sobre o Autor:

Raphaela. Futura Publicitária apaixonada por livros, que deseja ler todos os livros do mundo. Como sei que não é humanamente possível, vou lendo os que estão ao meu alcance. :}

Estudante, aspirante a escritora, romântica declarada, compulsiva por livros. Blogueira, resenhista, universitária, apaixonada por bons livros e amante de bons personagens.

0 Comentários

Todos os comentários passam por aprovação, antes de aparecerem aqui! Vamos ler e responder todo mundo com muito carinho!

Nome: Email: Website:
Protected by WP Anti Spam

Assista aos Vídeos
Equalize da Leitura © 2010 - 2016 ♥ Todos os direitos reservados
Tema desenvolvido por Débora M.