maio 19, 2013Editora Novo Século

Quotes da Série Night Huntress

0 Comentários

Olá, pessoinhas! *-*

Então, depois do desncaso que eu dei ontem para vocês, volto hoje para encerrar nossa Semana Especial Night Huntress, que eu espero de coração, que vocês tenham curtido e aproveitado. Vou tentar responder todos os comentários nas resenhas. Espero ter incentivado e plantado a sementinha Bones&Cat no coração liteário de cada um que acompanhou e até mesmo para aqueles que passou direto, mas leu a respeito por cima. Foi muito bacana e acho que foi mais uma comemoração digna do Equalize. 😀
Para encerrar com chave de ouro, separei alguns trechos dos livros (com a ajuda da Dri) dos 4 livros lançados no Brasil. Gostaria de frisar que no lugar de gatinha, amor e todas as traduções que fizeram para os apelidos da Cat, preferimos manter os mesmo em inglês, mas são referentes aos trechos dos livros em português. Atenção: tem muito spoiller nos trechos.

Aproveio também para deixar a sequência dos livros e os spin offs que tem, que são interessantes e nos situa dentro da história. Em azul é a série principal.

1º – Unbound (Contém A Introção Do Conto “Reckoning”, Pelo Ponto De Vista Do Bones, Antes De Ele Conhecer A Cat.)
2º – A Caminho da Sepultura
3º – Com o Pé na Sepultura
4º – Weddings From Hell (Contém O Conto “Happily Never After”)
5º – À Beira da Sepultura
6º – Four Dukes And A Devil (Contém O Conto “Devil To Pay”)
7º – Destinada à Sepultura
8º – Death’s Excellent Vacation (Contei A História Cruta “One For The Money” Apresentando Cat E Bones)
9º – First Drop Of Crimson
10º – Eternal Kiss Of Darkness
11º – This Side Of The Grave
12º – One Grave At A Time

Aproveitem muito, porque apenas de reler alguns trechos eu tenho vontade de pegar os liros e voltar para relê – los.
A Caminho da Sepultura (clique para ler a resenha)

Página: 110
Você me disse ontem à noite, quando estava reclamando sobre sua vida, que nunca tinha estado em uma boate para se divertir e dançar. Bem, gracinha, é isso aí. Hoje à noite você e eu iremos beber e dançar e, com certeza vírgula, sem matar ninguém. considere esta sua noite de folga. Você será Cat e eu serei Crispin e você me mandará para casa com a boca seca e as bolas doloridas, assim como você faria se nós nunca tivéssemos nos conhecido antes.
Página: 122
Brincando com fogo, Kitten?
Página: 113
Kitten, você precisa tomar uma decisão. Ou ficarmos aqui e nos comportarmos ou sainos agora e eu prometo a você – sua voz ficou bem mais baixa e as palavras saltaram em contato com os meus lábios -, se sairmos não vou me comportar.
Página: 158
Meu primeiro pensamento foi: ele escolheu a profissão errada. Deveria ter continuado como prostituto. Teria feito milhões. O segundo foi, de longe, menos agradável, e eu estremeci: se minha mãe pudesse me ver agora, ela me mataria.
Página: 191
– Está certo, pet – falou suavemente, mas com firme ressonância. – Se correr de mim, vou atrás de você. E eu a encontrarei.
 Página 253
– Estou dizendo que ou mal humorada, insegura, intolerante, ciumenta, marginal homicida e quero que você me prometa que está de acordo com isso, porque é quem eu sou e é de você que eu preciso. Senti sua falta todos os minutos dessa semana e não quero passar outro dia sem você. Se minha mãe me rejeitar por estar com um vampiro, será decisão dela, mas eu fiz a minha mãe e não vou pedir desculpas ou voltar atrás.
Página: 324
– Kitten – gemeu ele enquanto me puxava para a cama -, eu apenas pensei que tinha vivido antes de conhecer você. Você vai me amar até que morra? Isso não é muito tempo…
Com um Pé na Sepultura (clique para ler a resenha)
Página 85:

Eu estendi o gim, cuidando para não deixar meus dedos roçarem nos dele. Ao invés de beber da garrafa, no entanto, Bones segurou-a e olhou fixamente em meus olhos conforme lambia meu sangue da lisa superfície de vidro. A língua dele delineava a volta de cada contorno da garrafa e um calor me invadiu enquanto eu assistia, hipnotizada. Quando não havia sobrado sequer uma gota vermelha, ele a devolveu para minha mão repentinamente trêmula.

Página: 120

– Não que eu esteja me oferecendo, entenda. Meus dias de prostituição acabaram nos anos de 1700.

Página: 219

– Vou arrancar a vadia de dentro de você, Annette – rilhei entre os dentes cerrados. – Isso deve dar um bom trabalho, sua vagabunda inglesa arrogante!

Página: 225

– Muito bem. Aí vai. Annette disse que você era basicamente um pervertido desembestado que gostava de no mínimo duas mulheres, humanas, mas especificamente, por causa de seus corpos quentes, que você transou com mais mulheres que a população deste estado, que eu nunca manteria seu interesse… – Dei uma pausa pra tomar fôlego. – Que você soou entediado comigo na cama, que eu nunca seria capaz de lidar com o que você realmente gostava de fazer, que você disse para a metade das mulheres com quem transa que você as ama, que você teria me dado o fora anos atrás se eu não tivesse deixado você primeiro… Oh, e que foi ela que você traçou alguns meses atrás.

Página: 227

– Faça do seu jeito, mas sugiro outra coisa. Você pode ir em frente e espancá-la até arrancar sangue ou… Poderia me dar orgasmos tão sonoros que fariam surgir feridas nos ouvidos dela. Se tiver quaisquer truques de ex-gigolô-transformado-em-vampiro-promíscuo que vem escondendo, bem, pode mostrá-los. Tenho apenas uma exigência. É melhor você extrapolar a performance de qualquer serviço que tenha dado a ela ou a qualquer outra pessoa, porque se eu não acordar amanhã com o rosto vermelho de vergonha pelo o que você fez comigo, ficarei desapontada.

Página: 228

– Posso garantir que na cama você não tem nada a provar para mim, e que nunca apreciei fazer amor com ninguém mais, mas somente um tolo deixa passar o que você acabou de me oferecer. Agora, estou com poucos acessórios e não há tempo suficiente em uma única noite para repassar todas as maneiras em que fantasiei ter você. Mas prometo uma coisa… – a voz dele se aprofundou. – Você vai estar escandalizada de manhã quando conseguir pensar de novo.

Página: 237

– Nunca mais vou olhar para suas presas da mesma forma depois da noite de ontem. Uma parte de mim quer se desculpar por tê-lo contido antes e a outra parte quer que você se desculpe comigo porque sabia muito bem de tudo isso!

À Beira da Sepultura (clique para ler a resenha)
Página: 23

– Como pôde ficar apreensivo sobre me pedir para casar com você, Bones? Eu morreria por você. Por que não iria querer viver por você também?

Página: 117

Recuperei-me, olhando fixamente por cima do ombro de Dave enquanto dançava. A calça de Bones era feita inteiramente de finas correntes de metal ligadas. A pele aparecia através das lacunas sempre que ele se movia e qualquer um poderia ver que ele não estava usando nada por baixo delas. Ele flagrou meu olhar e sorriu, passando sua língua por sobre seu lábio devagar o suficiente para eu notar que seus mamilos não eram as únicas coisas com piercing.

Página: 122

Começamos a dançar. Slash era mais ou menos da minha altura e usou o alinhamento de nosso corpos para sua maior vantagem; Deixei isso rolar por alguns minutos. Exatamente quando ele abriu o zíper de suas calças e tirou o Sr. Caolho para fora.

Página: 146

Oh, Drácula também, Annette? Suponho que, se Frankenstein e o Lobisomen fossem reais, já teriam jogado em dupla com você.

Página: 186

– Dane-se você; não tem mais artimanhas publicitárias para mostrar? – Bones disparou. – Que tal conversar com outro escritor que possa lançar seu nome em uma popularidade maior?

 Página: 245

– Ele vai aprender que muitas mulheres podem satisfazê-lo por um curto período de tempo, mas, quando se apaixonar, apenas uma vai sustentá-lo para sempre.

Destinada à Sepultura (clique para ler a resenha)
Página: 156

Não, você não vai entrar aqui com cheiro de Gregor e colocar suas mãos em mim. – Cada palavra era um rosnado calculado e furioso. – Já aguentei o bastante de sua atitude paternalista. Você me trata como seu eu fosse um humano frágil que não sobreviveria sem a sua ajuda, mas eu sou um sangrento Vampiro Master.

Página: 158

– Não pense que não sei. Acredite que eu sempre soube. E consegui tolerar, sim, mesmo sabendo o outro motivo de sua hesitação. Sob essas alegações de devoção, que ultrapassam o seu amor, e eu acredito que me ame, apesar de tudo, você não quer mudar porque não acha que vai durar. Você acredita que o que há entre nós é temporário e tornar-se uma vampira é algo permanente, não é? Sim, eu sei disto. Sei desde que a conheci, mas tenho sido paciente. Disse a mim mesmo que um dia você não olharia para mim com esses olhos cautelosos. E que, nesse dia, me amaria da mesma forma como eu te amo…

Página: 229

– Tentando fazer parecer uma tarefa? Desculpe, amor, esta noite é minha. Quando eu quiser um favor seu e esta for sua condição, então você pode assumir o controle da maneira que quiser. Por enquanto, eu assumo a liderança. Agora, tire esses sapatos. Eles parecem apertados.

Página: 233

– Depois de tudo isto, eu ainda te amo.

posts relacionados

Deixe seu comentário

Vídeos no canal

@araphadoequalize
© 2020 Equalize da Leitura • equalizedaleitura.com.brDesenvolvido com por