junho 13, 2013Sem categoria

Mês Especial: Nora Roberts – Trilogia do Sonho

0 Comentários

Título original: Dream Trilogy

Esta trilogia é ma-ra-vi-lho-sa. Não tenho certeza se ela é muito conhecida no Brasil, mas ela me fisgou desde as primeiras páginas. Fala de ambição, superação, amor, desejo, coragem, família, perdão e uma amizade maior do que tudo. Eu gosto muito das personagens e de seus respectivos pares e eu adoro como as três amigas se completam, cada uma com uma qualidade especial. Esta história especialmente me toca por tratar de erros e retratação, ela é muito humana e espetacular. E tem um sutil misticismo na história relacionada a um lendário tesouro que arrepia a pele e acelera o coração.

O primeiro livro, Um Sonho de Amor, conta a história de Margo Sullivan, uma mulher lindíssima que cresceu na mansão da família Templeton e estabeleceu fortes laços de amizade com Laura, Kate e Josh, as crianças da família, e nunca foi tratada diferente pelo casal Templeton, assim como sua mãe, a governanta da casa. Ambiciosa e espirituosa, Margo sempre nutriu dentro de si um desejo de ser mais do que a mera filha da empregada e também de conseguir ouvir uma palavra de orgulho da mãe que sempre fora muito rígida. Em busca de seu destino, Margo vai até muito longe para alcançar a fama e sucesso que desejava sem pensar nas consequências e apenas percebe que o mais importante da vida sempre esteve diante de si quando o mundo que tanto almejara desaba a sua volta. 
Josh Templeton é o primogênito da família e desde que se entendera por homem, fora completamente fascinado pela linda e irreverente filha da governanta. Nunca conseguira compreender o que tanto Margo almejava se tudo o que de melhor havia estava ali e nunca confessara seus sentimentos. Ela estava de volta, no entanto, e depois que Josh percebe que ela queria se provar para si mesma e para os outros e agora necessita de ajuda, se junta à irmã Laura e a prima Kate para ajudar Margo a reconstruir sua vida depois de uma grande humilhação. E, quem sabe assim, finalmente consegue ganhar a mulher dos seus sonhos. 
Trechos:

– Brincos são como orgasmos. Eles nunca serão excessivos.
– Nunca pensei nisso dessa forma.
– Bem, você é um homem. – Ela bateu amigavelmente no joelho dele.

– O que você sabe sobre a vida? – Um gosto amargo preenchia sua boca e garganta. – Você já nasceu tendo tudo. Nunca precisou lutar por algo que quisesse, nunca precisou se preocupar se seria aceito ou amado ou desejado de volta.

Ele a encarou, grato que naquele momento ela não conseguia enxergar que ele havia passado quase metade de sua vida se preocupando se ela, a única coisa que queria, iria aceita-lo, amá-lo, e deseja-lo de volta. 

O segundo livro, Um Sonho de Vida, nos apresenta a Kate Powell é sobrinha do casal Templeton e foi criada por eles como uma filha após a morte de seus pais. Uma bem-sucedida contadora, Kate tem o objetivo de se tornar sócia na empresa onde trabalha e acredita estar a um passo da felicidade plena. Isto até que uma chocante revelação sobre seus pais abale suas estruturas e uma acusação injusta no trabalho faz com que sua vida vire de cabeça para baixo. Um redemoinho de emoções tão grande que, sem ajuda, nem a competente Kate conseguiria dar conta. 
Decidida a manter para si o segredo que acabara de descobrir, Kate vê o estresse a preocupação cada vez causando consequências em seu corpo… Enquanto o executivo Byron DeWitt tenta causar consequências em sua vida por completo. Ela terá a ajuda das amigas e de Byron, mesmo depois de muito relutar, para aceitar a verdade sobre seus pais e limpar seu nome. No caminho, porém, Kate reavaliará se a felicidade plena estaria mesmo em sua profissão… Ou se seu coração também deveria ser considerado. 

 Trecho: 

– Você acha que eu preciso da confusão e da complicação que trouxe para minha vida? Você realmente acha que eu toleraria tudo isso porque somos bons na cama?
– Você não precisa tolerar. – Ela cerrou as mãos em punho e bateu contra o peito dele. 
– Você não precisa tolerar nada disso. 
– Pode ter a porra da certeza que não. Mas eu estou tolerando porque acho que estou apaixonado por você.

 
O terceiro livro, Um Sonho de Esperança, relata a história de Laura Templeton, uma mulher doce e dedicada que vê o casamento desmoronar com a infidelidade do marido e precisa dar um novo rumo a sua vida, junto as adoráveis filhas. Laura é qualificada, porém nunca exerceu uma profissão por conta dos desejos do marido – imbecil -, mas agora livre para tomar suas próprias decisões, assume os negócios da família decidida a se provar como capaz de gerenciar a rede de hotéis e que pode ser mais do que alguém mimada e traída. Laura dá um grande passo em direção a seu futuro como mãe responsável e boa profissional, mas o encontro com um antigo amigo – delicioso e misterioso – do seu irmão faz despertar um desejo reprimido dentro de si: o desejo de ser instintivamente mulher pela primeira vez. 
Michael Fury é um homem do mundo, com uma bagagem de erros nas costas e uma aparência no mínimo intimidadora. Ele necessitava de um lugar para ficar por uns tempos e o velho amigo Josh diz que tem o lugar perfeito. O homem só se esquece de mencionar que o lugar perfeito ficava a alguns metros da mansão Templeton… E da delicada Laura, a mulher que Michael nunca esqueceu e quem começava a redescobrir. Cada vez mais íntimo das pequenas filhas de Laura, Michael se apresentará ser a resposta para a pergunta que Laura não sabia que tinha feito e encontrará na mulher admirável, o seu lar.
Aah *suspira profundamente*, admitam que vocês também se apaixonaram! Eu não sei de qual livro gosto mais, embora admita que o meu personagem masculino favorito seja Michael – eu adoro personagens com um passado complicado, o que dizer? Esta história é tão rica, tão especial, tão, tão, tão, realista e doce e romântica. E o laço de amizade entre Margo, Kate e Laura é invejável e inquebrável. Mexeu com uma, mexeu com todas… E receberá o payback em triplo.

Trechos:
 

– Ninguém nunca me desejou como aparentemente você deseja. Eu não sei como me sinto ou o que farei em relação a isso.’

Aqueles olhos exaustos se inflamaram. – Esta frase não vai me fazer te querer menos.

Rápido como uma serpente, e igualmente letal, ele segurou o tecido da camisa dela e a puxou para si. Sua outra mão se fechou sobre a garganta dela, apertando cuidadosamente enquanto sua boca a devorava. Quando ele deixou que ela se afastasse, ela tropeçou para trás, seus olhos cheios de desejo e pânico.

-Vá embora, Laura. – Ele repetiu. – Não é seguro para você aqui.

– Quando eu disser, a porta se fecha. Para nós dois. Você entende isso?

Os lábios dela se curvaram. – Você entende?

– Eu entendi no minuto que eu te vi outra vez. – Os olhos dele estavam escuros, perigosos. – Ficar ou correr, Laura.

Ela ergueu o queixo. Daquela vez ela quem diria. – Ficar.

posts relacionados

Deixe seu comentário

Vídeos no canal

@araphadoequalize
© 2020 Equalize da Leitura • equalizedaleitura.com.brDesenvolvido com por