julho 15, 2013Editora Arqueiro, Resenhas

[Resenha] As Regras da Sedução

0 Comentários

gsTítulo: As Regras da Sedução Título original: Autor: Madeline Hunter Ano: 2013 Editora: Arqueiro Número de páginas: 272

Alexia já perdeu tudo uma vez quando seus familiares morreram e a propriedade foi passada para um primo paterno, que mesmo sabendo que ela não tinha para onde ir, não a convidou para viver com ele. A solução, então, foi apelar para seus familiares maternos, os Longworths. Porém, quando Lorde Hayden Rothwell aparece na casa sem aviso, ela percebe que tem algo infinitamente errado: a sua nova família também estava falida, se mudariam para uma casa mais modesta e o pior: não poderia leva – la com ela.

Sem ter para onde ir, Hayden, o homem que levou a família de seu primo à destruição, oferece a solução: que Alexia aceite ser dama de companhia e preceptora na casa de Lady Henrietta, a tia de Hayden. A mulher, não vendo outra opção, aceita o cargo. O que ela não imagina é que ficar tão perto desse homem misterioso pudesse afeta-la de maneira tão irreversível.

Foi o primeiro dos três livros de romances históricos lançados da editora que eu li. E passou batido por mim. E aí vocês perguntam: ‘Mas por que, Rapha?’ Sinceramente? Personagens principais sem nenhum atributo que marcasse, a Alexia não tem nada que a destaque no livro, o Hayden não conseguiu me cativar em personalidade e até as cenas mais quentes, que são sempre os pontos fontes em romances de épocas, deixaram a desejar.

O enredo em si não é o mais atrativo, a escrita da autora segue a linha dos históricos sem nenhum problema. O que aconteceu é que para mim o livro não funcionou e mesmo sabendo que os romances históricos seguem uma linha diferenciadas dos outros livros, não consegui me entreter. Foi como se eu estivesse lendo um folheto e não um livro. Não me entreteou, não marcou e não prendeu a atenção.

Apesar disso, a Dri (colunista do blog que me fez pedir esse livro por ser ma-ra-vi-lho-so *irônica*) falou que os outros são melhores, mas não aguardo já com expectativa. Se acontecer do próximo ser bom, prefiro ser surpreendida do que chegar com ansiedade.

posts relacionados

Deixe seu comentário

Vídeos no canal

@equalizeleitura
© 2018 Equalize da Leitura • equalizedaleitura.com.brDesenvolvido com por