Editora Arqueiro, Resenhas
gsTítulo: O Destino do Tigre Título original: Tiger’s Destiny Autora: Collen Houck Ano: 2013 Editora: Arqueiro Número de páginas: 400

Aprenda a amar o momento em que se encontra. Valorize suas experiências, pois momentos preciosos passam rápido demais por você,
Sim, eu sei. Demorei a postar essa resenha, desde o lançamento do livro até agora. Aconteceu que eu fiz algo que eu tinha prometido não fazer. Quando eu terminei de ler A Viagem do Tigre eu não aguentei e baixei o livro em e – book. Eu simplesmente NECESSITAVA saber como iria acabar! Eu estava tão desesperada, porque são sentimentos que a Colleen conseguiu passar para mim, que simplesmente não conseguiria esperar até o lançamento. E o resultado é que com isso eu demorei a postar a resenha. Mas vamos lá. Deixa eu contar para vocês o que eu achei do desfecho da série. Vocês podem ler também as resenhas de A Maldição do Tigre, O Resgate do Tigre e A Viagem do Tigre já publicadas no blog.
O livro começa exatamente de onde parou em A Viagem do Tigre e então Kelsey, Ren e Kishan parte  para acabar com a quarta e última parte da maldição. Essa, claro, não será uma viagem que não correrá riscos. Kelsey, no entanto, sabe que está chegando a hora em que terá que decidir entre um dos irmãos, aquele que vai ficar para sempre. Seu coração está confuso, os irmãos a deixa inebriada, a maldição está próxima de ser quebrada do que jamais esteve.

Eles terão que lutar uma batalha final contra os maiores inimigos antes que a maldição seja quebrada e uma das guerreiras que ajudará que isso aconteça não é ninguém mais que… uma pessoa que vocês conhecem bem. Uma fênix terá seu momento de protagonista e você irá embarcar em uma história de realmente tirar o fôlego. Cheio de ação, aventura, um pouco de filosofia e palavras bonitas, vamos descobrir como a maldição será quebrada e como nossos Reis Tigres finalmente viverão depois do fim da maldição. E saber com quem a Kelsey ficará. Caso isso seja importante para você.

– Aprenda a amar o momento em que se encontra. Valorize suas experiências, pois momentos preciosos passam rápido demais por você, e se estiver sempre correndo em direção ao futuro, ou ansiando pelo passado, irá se esquecer de desfrutar e apreciar o presente.
Uma das coisas mais irritantes no livro: esse triângulo amoroso sem pé na cabeça que a autora criou. Eu pensei, sinceramente, que o terceiro livro tinha sido o auge dessa besteira, mas não. Aqui chega a níveis absurdos. É chato, é irritante. Primeiro pelo simples fato que todo mundo sabe o que vai acontecer. E segundo porque as ações de cada um dos três personagens a respeito desse romance acaba ficando tendencioso, insuportável, nada romântico e um pouco machista – principalmente pela parte dos tigres.
Mas… posso dizer? A Saga do Tigre foi uma das proposta mais insinuantes e ousadas que eu já li. A Colleen foi inteligente, apostou e conseguiu me conquistar. Tirando o romance tosco, toda a construção das maldição, a descrição das tarefas a serem realizadas, todo o misticismo e cultura da Índia contribuem para que sejam um enredo altamente encantador. Eu só posso dizer que fiquei tão fascinada, que mesmo sabendo que estava lendo o último livro da série, terminei com o meu coração literário mais leve e um sorriso bobo no rosto, porque o círculo estava completo, a história terminou e não teve pontas soltas, perguntas sem respostas ou qualquer coisa desse tipo. Tem uma avalanche de emoções, principalmente quando você vai entendendo e percebendo o que vai acontecer, mas…. AI, GENTE! EU AMEI! Queria dar pulinhos, me senti que estava no meio da história (no final do livro!! *-*), quis beijar, lutar a abraçar todo mundo. Mas não quis que fosse de outro jeito. Foi perfeito.
Como supero meus medos? Construo uma vida para mim? Me arrisco a amar alguém? Quando a morte é tudo o que lhe espera, qual o sentido de tentar ter uma vida?
Aqui, nós temos muitas partes românticas, alguns trechos que valem a pena serem descritos. Tem uma competição mais acirrada e direta entre os irmãos que me incomoda um pouco também, mas pelo visto, o único pecado da autora é colocar que todo o ser vivo (independente se é tigre ou não) se apaixona pela beleza estonteante da Kelsey, mesmo quando ela mesma não vê isso. Óbvio, romance vende. Só que eu já estava saturada.
No mais, arrepiei com o último livro, gostei muito, muito, muito, muito, muiiiiiiiiiiiito! Algo único e que eu indico para qualquer leitor que gosta muito de fantasia. Fiquei feliz também pelo cuidado que a editora teve ao trazer a série para o Brasil, mantendo as capas lindas de todos os livros, realizando uma boa tradução e fazendo da parte gráfica um complemento especial à história.
Quanto ao quinto livro que se tem boatos: o que eu sei é que a Colleen ainda estava escrevendo e é sobre o Ren. Se eu souber de mais alguma novidade, claro, aviso para vocês.

2 Comentários

  1. Manuela disse:

    Ameii a série, cada livro traz uma aventura diferente – e eu me senti dentro de cada uma delas!! Devorei o livro e quando acabei, fiquei encarando a parede por uns minutos sem saber oq fazer. Ouvi boatos de que haverá um filme, será? Estou louca por um pouco mais dos lindos príncipes indianos. Beijos :*

    • Raphaela Raphaela disse:

      SIIIIIIIIIIIIIIIIM! FOI ESSE O SENTIMENTO MESMO, ME ABRAÇA! hahahahah Eu li também que vai ter, mas sei lá, acho que vai demorar e tal. Mas se fizerem bem feito, tem tudo para se tornar um fenômeno, DE VERDADE! tem história demais aí para produção de um filme incrível! Adoooro a Houck, essa é a verdade! Leia agora a nova série dele, que fala sobre mitologia egípcia! É APENAS MARAVILHOSA!

      Beijos,

Todos os comentários passam por aprovação, antes de aparecerem aqui! Vamos ler e responder todo mundo com muito carinho!

Nome: Email: Website:
Protected by WP Anti Spam

Assista aos Vídeos
[wonderplugin_carousel id="2"]
Equalize da Leitura © 2010 - 2016 ♥ Todos os direitos reservados
Tema desenvolvido por Débora M.