Editora Intrínseca, Resenhas
gsTítulo: Os Segredos do Meu Marido Título original: My husband’s secret Autora: Liane Moriarty Ano: 2014 Editora: Intrínseca Número de páginas: 366

Nenhum de nós conhece todos os possíveis cursos que nossas vidas poderiam ter tomado. E provavelmente é melhor assim. Alguns segredos devem ficar guardados para sempre.
Comecei a ler esse livro com a sensação de que talvez não fosse tudo o que eu estava esperando. As 30 paginas iniciais realmente não foram. E depois disso eu li devagar. E nas últimas 200 páginas simplesmente não conseguir abandonar e concluí a leitura em duas horas. Para começar, vocês precisam entender que no livro vai aparecer a história de três famílias que em determinado momento – quando o segredo é descoberto, obviamente -, vão ter as suas vidas cruzadas. Vou apresentar os personagens.
Cecilia tem a família perfeita. Casada com John-Paul e mãe de três filhas – Isabel, Polly, Esther -, ela é exemplo no bairro onde mora. Cuida bem das filhas, participa de todos os projetos para arrecadar dinheiro, interage bem com as pessoas e é bem relacionada. O marido costuma viajar muito, mas eles mantém um ótimo relacionamento. E aqui é o ponto central de todo o drama: se você carregasse o segredo do seu marido, que ele pediu para você revelar apenas se ele morresse, você revelaria ou manteria?
Rachel já é uma senhora que não se conforma com a perda prematura da filha Janie. Ela foi encontrada no parque com indícios de asfixia. Nunca descobriram que matou sua querida filha, mas ela tem certeza que a pessoa que fez isso ainda mora na cidade… inclusive trabalha na mesma escola que ela.
Tess acaba de descobrir que sua prima, a pessoa que esteve ao seu lado desde o dia que nasceu, está apaixonada pelo seu próprio marido. Sem saber como lidar, ela acaba voltando para a casa da mãe enquanto espera que a vida entre nos eixos novamente.
Nenhum de nós conhece todos os possíveis cursos que nossas vidas poderiam ter tomado. E provavelmente é melhor assim. Alguns segredos devem ficar guardados para sempre. Pergunte a Pandora.
A história dessas três vão se entrelaçar depois da descoberta da carta que o marido John-Paul deixa para Cecilia. O meu receio enquanto lia o livro é que a autora demorasse e deixasse apenas para o fim para mostrar a carta e o seu conteúdo, mas pelo contrário, antes do capítulo 20 já sabemos de tudo que aconteceu. E tudo vai se desenvolver a partir desse trecho.
Para algumas pessoas foi óbvio quem fez o quê, mas eu sou lerda e não consigo descobrir – e nem tento, para falar a verdade – até que eu leia. Foi um livro surpreendente em alguns aspectos, em outros nem tanto. Ele é curioso e instigante, mas é apenas uma leitura para passar o tempo e colocar você para ficar paranoico haha Não vi tanto como a história da Tess interferiu nas outras duas e senti que ela não precisaria nem estar ligadas ou aparecer, pois não teve um motivo realmente isso ocorrer.
Era assim que se convivia com um segredo terrível. Apenas seguia-se em frente. Fingia-se que estava tudo bem. Ignorava-se a dor profunda, o embrulho no estômago. De algum modo era preciso anestesiar a si mesmo de forma que nada parecesse tão ruim, mas tampouco parecesse bom.
A autora além de trazer os pontos de vistas alternados entre as três personagens principais traz também os pontos de vistas de outros personagens, que são secundário, e importantíssimos para o desenrolar da história. Existem vários aspectos para serem analisados, se levar em consideração que nem sempre fazemos o que é certo para protegermos quem amamos. Me incomodou: eu tenho problemas pessoais com livros que tem mais de 5 personagens. Eu me perco nas histórias, nos personagens, nos nomes e aqui aconteceu também. Claro, a autora tem total liberdade de escrever como quiser, afinal, o livro é dela, mas não funciona bem comigo.
Eu terminei o livro com uma sensação de confusão. O epílogo do livro é um resumo em uma página e meia da história toda. E como eu terminei de ler na madrugada, eu dormi fazendo um círculo imaginário na cabeça, ligando os pontos e os personagens, tendo uma conversa de uma via só com a minha mente e repassando tudo que eu tinha lido. O final do livro é a autora falando para você: sua vida não é apenas você quem decide. Existem N fatores que vão interferir nas suas escolhas e decisões, inclusive pessoas e as próprias decisões do passado, consequentemente, o resultado final nem sempre será aquilo que você desejou ou esperou.
No início me incomodou muito que a editora tenha colocado o livro todo em letras tão miudinhas. Eu li o livro com ele quase encostando em meu nariz e eu nem tenho problemas de visão nem nada disso, apenas estou acostumada com as letras maiores.
Por enquanto, eu dei 4 estrelas para o livro, mas tenho a sensação que uma ou duas semanas depois que eu conseguir realmente entender tudo que aconteceu, talvez a minha opinião mude. Não consigo falar muito mais do que isso para vocês ou seria um spoiler sem tamanho. É um livro óbvio para alguns e surpreendente para outros, um pouco perturbador quando você pensa que outras pessoas podem pagar o preço pelo seu erro.

0 Comentários

Todos os comentários passam por aprovação, antes de aparecerem aqui! Vamos ler e responder todo mundo com muito carinho!

Nome: Email: Website:
Protected by WP Anti Spam

Assista aos Vídeos
[wonderplugin_carousel id="2"]
Equalize da Leitura © 2010 - 2016 ♥ Todos os direitos reservados
Tema desenvolvido por Débora M.