dezembro 26, 2014Rotaroots

[Rotaroots] Fora da Caixinha com as minhas unhas!

0 Comentários

O Rotaroots desse mês deu várias opções de post e um deles é esse que eu estou fazendo! Eu estou liberada para falar sobre qualquer coisa que eu quiser, já que o tema é livre, ou melhor, fora da caixinha 😀
Fora da Caixinha: tema literalmente livre para você escrever aquilo que você sempre quis, mas nunca teve oportunidade. Vale look do dia, indicar uma banda que você gosta, resenha de filme, enfim, um post para sair da rotina!
E aí que eu resolvi falar para vocês sobre algo que eu passei a gostar muito de dois anos para cá que são unhas e esmaltes. Eu estou liberada para falar eeeeeeeeeeeee!
Eu sempre rói unhas. SEMPRE. Desde pequena eu vi a minha mãe roer unhas, de deixar todos os dedos cabeçudinhos e machucados. E assim foi passando, tanto para mim quanto para a minha irmã. Nós crescemos também com esse hábito horroroso e nunca conseguimos abandonar. Em algum momento há dois anos atrás, eu falei: vou parar de roer unhas e consegui! Aí as outras duas viram também e pararam. Daí, com a aproximação da minha monografia, eu fiquei muito nervosa e rói todas elas e não consegui voltar a deixar crescer. Aí eu falei de novo: vou deixá-las crescer mais uma vez. E assim estou! E eu digo que foi algo que eu me apaixonei porque é uma das partes de mim mesma que eu gosto muito. 

Sempre achei as minhas mãos muito feias, pois são muito grandes e os dedos bem longos. Com unhas horrorosas e com os cantinhos inchados só piorava, né? Eu detestava que alguém pegasse nas minhas mãos e ficasse olhando as minhas unhas e perguntasse: nossa, mas você rói unhas?

 – Não, eu arranquei todas elas no alicate.
Hoje em dia eu fico com sorriso bobo quando alguém pega a minha mão e diz: – Nossa, Rapha! Que unha linda! – A Rapha pode estar desarrumada, mas as unhas dela estão sempre bonitas. (não sei bem se considero a frase um elogio todo ou só metade hahaha) – Rapha, como as suas unhas são bonitas e fortes!
As minhas unhas são grossas e bem fortes. Eu acredito que seja naturalmente mesmo, mas quando elas começaram a crescer, eu estava tomando um remédio chamado Pantogar. O que ele faz? O remédio é basicamente vitaminas B6, cálcio, queratina, cistina, biotina, vitamina E, vitamina C e vitamina B2. Ele ajudou com o crescimento do meu cabelo e, consequentemente, das unhas também. O remédio vocês podem comprar em farmácia de manipulação, é só encomendar. Como ele é só um remédio com várias vitaminas importantes, acredito que a maior parte das pessoas possam tomar, mas é sempre bom verificar antes com o médico. Eu não fiz isso, mas é porque tem pessoas que qualquer mudança de tempo já fica doente de cair na cama.

Eu gosto de cores alegres e coloridas e como eu não tive infância e adolescência com unhas grandes, eu mantenho a tradição hahaha As minhas cores preferidas são vermelhos, rosas, azuis, amarelos, verdes, lilás, roxos e glitter. MUITO GLITTER. Os únicos que eu deixo passam são aqueles em tom terrosos, os cintilantes de qualquer cor e aquelas cores que nem parece… cores. Bege, marrom. Que só as vózinhas passam quando vão ao salão 😛 E francesinha. Pelo incrível que pareça, eu DETESTO quando pintam a minha unha de branco e só faz aquela pontinha escura. Eu quase infarto.

Sobre cuidados, eu mesma acabei me virando para cuidar: tiro esmalte, passo o removedor de cutículas, retiro as cutículas e as pinto de novo. Dificilmente vocês vão me ver sem esmalte nas unhas, salvo casos quando elas estão limpas no processo acima. Eu já passei na mão de três manicures. Duas delas faziam a minha unha de maneira espetacular, que eu tinha vontade de beijá-las de tão bonitas que ficavam. Só que elas foram embora do salão que eu frequento e eu fiquei com preguiça de ir atrás de outra. Cedi, fiz um teste e me arrependi: saí com as unhas machucadas – e é engraçado que um bifezinho faz vocês sair às lágrimas quando em outros momentos eu as arrancava literalmente no dente. – e mal pinceladas. Desde então, eu mesma estou fazendo. Se ficar ruim, eu reclamo comigo mesma.

Uma amiga de trabalho foi para Miami e perguntou se eu queria algo de menininha e me surpreendeu trazendo um kit de esmaltes! Nunca tinha usado esmalte gringo e esse foi a combinação do que eu já gosto: cores alegres, glitter e acabamento. Os esmaltes são da Megalast e são lindos!

Na caixinha que eles vieram, estava escrito que eles são de longa duração – os centrais -, com glitter – os 3 potinhos da esquerda – e acabamento – os 3 potinhos da direita.

Nas fotos abaixo eu só tirei com o esmalte azul, mas esse roxinho foi o que eu mais gostei! A cor dele é linda e ficou uma fofura. O vermelho eu passei e fiquei duas semanas, nem as pontinhas da unha lascaram. É tipo, longa duração mesmo! Eu só gosto delas bem brilhosas, então, no final de cada uma das semanas eu passei uma demão de base extra brilho, que veio no kit, aliás, e foi a melhor que eu já usei até agora. Parece que eu acabei de pintar.

E este foi o post fora da caixinha! Espero que vocês tenham gostado e que eu tenha a oportunidade de falar mais sobre coisas que eu gosto, além de livros, com vocês!

posts relacionados

Deixe seu comentário

Vídeos no canal

@araphadoequalize
© 2020 Equalize da Leitura • equalizedaleitura.com.brDesenvolvido com por