janeiro 03, 2015Sem categoria

Retrospectiva Literária 2014

0 Comentários

O ano está acabando e hoje eu venho mostrar para vocês o que eu li de bom, que merece algum destaque e que eu falei com carinho. Literariamente falando, acredito que não foi um ano de bons lançamentos. Não consigo lembrar de nenhum livro que tenha feito tanto sucesso quanto nos anos de 2012 e 2013, por exemplo.
Como eu estava escrevendo a monografia também, não sou um bom parâmetro, já que fiquei alguns meses sem engatar em leituras e no primeiro semestre li bem pouco. Mas, ainda continuo com essa sensação de que não fui surpreendida. 
Pretendo gravar esse post em forma de vídeo também, mas para quem prefere ler, segue abaixo o que eu destaco. Ah, vocês podem conferir tudo que eu li no Skoob. 🙂

Uma Longa Jornada: eu estava bastante decepcionada com os livros do Nicholas Sparks. Não tinha mais aquele quê que eu gosto, os diálogos bem criados, personagens cativantes. Até que eu li este livro e minha paixão retornou. Saiu até trailer do filme e eu fiquei quicando na cadeira de alegria. Tem tudo para ser uma leitura de final de semana jogado na cama sendo feliz.
A Canção do Súcubo: a verdade é que eu coloquei apenas o primeiro livro da série Súcubo. Eu já tinha os livros desde 2013 quando eu completei comprando na Bienal do Rio e ainda não tinha dado a oportunidade devida para ela. Fui devorando freneticamente um atrás do outro e, claro, é diferente de tudo que conhecemos da Richelle e nem por isso deixa de ser menos. A série é incrível, adulta e cheia de reviravoltas.

A Garota Que Você Deixou para Trás: eu, definitivamente, adoro muito a Jojo Moyes desde Como Eu Era Antes de Você. Aqui, ela envolveu passado + Guerra Mundial + presente e ficou algo incrível, enquanto viajamos e descobrimos a metade da história no passado e como ela se completa no presente. Chorei, meu coração se apertou e mesmo assim é inegável o talento dessa mulher.
Refém da Obsessão: Eu adoro essa trilogia de fantasia que a Novo Conceito publica. É uma das melhores, o problema é que eles não dão tanto crédito assim. A Alma Katsu é uma autora de incrível imaginação e escrita impecável, que tem o talento de colocar tantos detalhes em várias páginas, sem ser maçante ou se perder no caminho. O livro foi uma leitura esperada, pois desde o primeiro que eu fiquei curiosa para descobrir como a o enredo se desenrolaria. Apesar da capa trash, o livro é incrível.

Obstinada: eu já falei várias vezes que acho a série Crossfire uma bela porcaria, mas cara, a Sylvia Day me agarrou nessa série dela publicada pela Universo dos Livros e que eu não sei bem como se chama. O que eu sei: são vários livros (não sei total) de romances de época que são viciantes, totalmente dosados, bem escritos e divertidos. Eu comprei 4 e fiquei lendo um atrás do outro, intercalando com outras leituras para não ler tudo muito rápido. Recomendo, muito.

Um Caso Perdido: acredito que foi a leitura mais surpreendente e gostosa do ano. Primeiro porque eu não estava com expectativa e os livros que nos surpreende são os melhores. Segundo porque foi o primeiro livro da Colleen Hoover que eu li e agora quero todos. Verdadeiramente, vocês precisam ler Um Caso Perdido para entender a profundidade da história e que nem parece ser tudo isso. Eu até obriguei a Gabi a escrever a resenha porque eu simplesmente não consegui me expressar.

A Verdade Sobre Nós: se vocês olharem a página desse livro no Skoob, verá que a nota dele é baixa. No entanto, eu acredito que isso se deve ao fato dele fugir do romance convencional, onde o final não vai agradar grande parte dos leitores. E como a história é construída faz a diferença toda para quem está lendo. E foi isso que me conquistou.

Entre o Agora e o Nunca: foi outro livro que eu peguei sem nenhuma expectativa e que me fez dar risadas e ficar com carinha de ouuuuuw! Os personagens principais tem uma personalidade que faz com que você queira estar ao lado deles, o que é muito gostoso, e o desenrolar da trama segue bem com conflitos moderados e cenas de amor bem fofas.

Outlander – A Viajante do Tempo: o número de páginas pode ser intimidante e eu comecei a ler a série, sabendo de quão grande ela é, por causa do seriado que estava todo mundo falando. Me apaixonei, mas não tô ansioooooooooooosa porque sei que lá para 2030 terminam de publicar todos os livros aqui no Brasil. Foi um dos livros mais legais que eu e que me faz admirar muito as autoras mulheres que tem uma imaginação tão fértil e poderosa.

365 dias Extraordinários: foi um livro que eu esperava freneticamente. Sou apaixonada pelo Auggie, por Extraordinário, pela R.J Palacio. O livro tem várias mensagens, frases para deixar te deixar incentivado o ano inteiro, com muita ternura, amor e inocência.

Onde Deixarei Meu Coração: também entrou para a lista do livro que eu não estava dando nada por ele e que de repente me conquistou e eu não consegui abandonar de jeito nenhum. Mesclando viagem com diversão, antagonismo, problemas familiares e mais, é um livro fofo e muito gostoso de ler.

Eleanor & Park: foi o último livro que eu li e gostei do ano, apesar de ter achado bem broxante o final. Mas fazia tanto tempo que eu precisava ler algo como este livro, que me pareceu até errado que eu estivesse lendo em meio a essa confusão que é o final de ano. E mesmo assim ele não deixou de ser menos importante.

posts relacionados

Deixe seu comentário

Vídeos no canal

@equalizeleitura
© 2019 Equalize da Leitura • equalizedaleitura.com.brDesenvolvido com por