fevereiro 18, 2015Editora Novo Conceito, Resenhas

[Resenha] Quando Um Homem Ama Uma Mulher

0 Comentários

gsTítulo: Quando um Homem Ama Uma Mulher Título original: Kissing Under The Mistletoe Autora: Bella Andre Ano: 2015 Editora: Novo Conceito Número de páginas: 304

E quando Mary fechava os olhos para saborear as lembranças de quando se apaixonou por Jack Sullivan, os primeiros flocos de neve do inverno começaram a cair.
Vocês podem ler todas as resenhas da série Os Sullivans aqui no blog. 🙂
Não sei exatamente como a Editora está fazendo para publicar os livros aqui, pois teve a série principal com os filhos, teve o primeiro livro dos primeiro e no meio intercalou com esse, que fala sobre os pais do filhos da série principal. Ficou perdido? Precisa se preocupar não, pois eu já listei todos os livros lá na página de resenhas.
Acredito que todo mundo que leu os outros livros ficou curioso para saber mais a respeito de Mary e Jack, principalmente por causa da morte brusca do personagem masculino e pela personagem feminina ter cuidado de tantos filhos sozinha e fez com que todos fossem bem sucedidos. Aqui, vamos saber como Mary conheceu Jack e como a vida dos dois mudou radicalmente, depois de uma surpresa inesperada.
Mary é uma top model (alguém imaginava isso?!) muito bem vista e envolvida no meio. Italiana (alguém imaginava isso?! +1), ela saiu do interior da Itália com 18 anos, em busca de conquistar seus sonhos. Não foi fácil, como era de se imaginar, e entre tantas pessoas, ela encontrou aquelas que puderam lhe ajudar e as demais que apenas atrapalharam. Agora, depois de tanto tempo fora, realmente acredita que está na hora de se afastar das passarelas e começar a se dedicar a outras coisas que lhe faz feliz.
Jack é engenheiro e depois de 10 anos trabalhando na agenda portátil eletrônica junto com mais 3 amigos da faculdade, está disposto a vender sua ideia durante o Natal para um empresa que realmente possa colocá-la em prática. Para isso, contudo, ele precisa apresentar um plano tático de vendas para o produto.
Quando ele vê Mary fazendo um ensaio fotográfico no meio das ruas, ele descobre que ela tem que estampar a cara do seu produto. E daí eles começam a se envolver – profissionalmente, primeiro – até descobrirem que conseguem dominar os sentimentos a ponto de não deixar com que se misturem.
A história do livro é bastante surpreendente levando em consideração que já conhecemos a Mary mãe de tantos filhos. Saber que ela foi uma modelo de sucesso é quase tão inexplicável quanto o sucesso de todos os seus filhos, simplesmente porque para mim não parece ser real. No entanto, não deixa de ser um livro rápido e até gostoso de ler. Aqui vamos descobrir quais eram os principais receios dela, medos, sonhos, até por que, apesar de ter uma mudança sutil de pontos de vistas, o livro é basicamente da e sobre a Mary.
Eu não gosto desse título tão grande para um livro, ainda mais que nos outros nenhum foi tão extenso. E acho brega #falei O livro é bacaninha, partindo do pressuposto que estamos falando de Bella Andre. Senti falta no final de que houvesse mais Jack, que contasse até o o nascimento dos filhos e onde ele morreu, mas a autora não quis se prolongar e acabou terminando a história em um momento feliz. É um livro rápido e que acaba completando e dando um final ao círculo da família Sullivan.

posts relacionados

Deixe seu comentário

Vídeos no canal

@equalizeleitura
© 2019 Equalize da Leitura • equalizedaleitura.com.brDesenvolvido com por