fevereiro 26, 2015Meu Processo de Escrita

Meu Processo de Escrita

6 Comentários

meu processo de escrita

Um dos meus projetos do 13 coisas para fazer em 2015 é voltar a escrever. Entre os 17 e os 20 anos, eu escrevia desesperadamente, inclusive escrevia fanfics de Crepúsculo que, modestamente, tinha mais de 5.000 comentários. Para quem não sabe, tem até uma que está em fase de finalização que é Sin Resistir la Tentación, que eu escrevo com a Gabi. Tem mais de um (quase dois!) que não atualizamos, mas já escrevemos mais dois capítulos e partimos para o último. Acredito que poucas pessoas acompanhem hoje em dia, mas se por acaso você que está lendo acompanha, guenta aí que vamos postar tudo de uma vez.
Uma coisa interessante que eu já percebi é como a nossa escrita vai evoluindo de acordo com os anos e com as nossas experiências. Eu finjo não ser romântica, mas adoro um bem escrito. Para escrever, eu sempre gosto daqueles dramáticos, em que tudo dá errado e no final certo. SÉRIO, nem parece comigo, mas eu adoro clichês, desde que bem construídos. O problema é: hoje em dia é mais do que difícil de encontrar isso. Se vocês verificarem SRLT, vão perceber que tem um pouco disso. Mas também gosto de humor e nada de situações depressivas, onde as pessoas estão sempre enfiadas em tristeza. De triste basta os acontecimentos da vida, né?
Nessa fanfic consigo balancear bem todos os acontecimentos, mas isso se deve principalmente a Gabi. Ela tem um humor irônico e inteligente, que muitas vezes não percebe e que lhe é natural.
Fonte
O que eu já percebi que mudei: hoje em dia eu escrevo mais textos com situações inusitadas e divertidas. Bem, eu acho, pelo menos. *sorrisão* E aquela coisa: quanto mais você lê e mais conhece situações, pessoas e lugares diferentes, mais a sua imaginação corre solta. Eu mesma já avisei aos meus amigos: vocês me contam as histórias de vocês e eu anoto tudo mentalmente para utilizá-las no momento adequado.
O que eu faço atualmente para melhorar minha escrita:
→ Comprei alguns livros específicos de criatividade, como escrever diálogos e como narrar uma história.
→ Anoto toda e qualquer ideia que eu tenho em um caderno. No momento eu posso não ter nenhuma ideia, mas em algum momento ela pode se encaixar dentro de algo específico que eu estou escrevendo.
→ Tento lembrar do que eu sonho. Eu sonhei com um número uma vez e acordei com ele na cabeça como se alguém tivesse acabado de dizê-lo em voz alta e repetidas vezes para mim. E já sonhei também com uma cena específica e completa que tem relação tatuagem + pulso + chave.
→ Faço exercícios de escritas. Vou postando para vocês de acordo eles forem sendo realizados. No final, nem sempre sai algo que eu realmente esperava, mas em outras me surpreendo com o meu progresso.
→ Tento me basear em autores que eu gosto muito e que eu gostaria de escrever próximo. Por exemplo: adoro a forma característica que a Carol Sabar escreve, então, sempre tento buscar referências nos livros dela.
→ Tento sair da minha zona de conforto. Não acredito que eu seja a melhor pessoa para tentar escrever algo a respeito de fantasia, eu não tenho estratégia imaginária para isso, mas tento escrever um parágrafo, uma página, um conto.
Eu vou deixar essa coluna no blog aberta e vou ir atualizando de acordo meus progressos forem crescendo. Se vocês tiverem dicas de livros, de escrita, vídeos, podem sugerir que eu adoro saber de coisas novas.

posts relacionados

Deixe seu comentário

6 Comentários

  • Amanda Steilein
    26 fevereiro, 2015

    Adorei o post! Sério, estava precisando ler isso! 🙂

    • Raphaela
      Raphaela
      08 março, 2015

      Aaaaai que ótimo!

      Vou tentar atualizar mais neste estilo então! 🙂

  • Sheilla Reis
    26 fevereiro, 2015

    Ah bacana!
    Eu tenho ideias e sonho em escrever (e ilustrar) um livro desde criança.
    Eu sonho muuuito, e sempre forço a minha cabeça a lembrar dos sonhos completo.
    Também percebi que com o tempo, nossa escrita melhora. E não só por nossas experiências, mas também pelas leituras (eu gosto de ler vários gêneros e principalmente de autores de vários países diferentes, conhecendo várias culturas).
    Também sempre anoto ideias que eu tenho: realmente um dia ela encaixa em algum lugar.
    Agora uma pergunta! 😀
    Você escreve a mão e depois digita, ou vc já escreve tudo no computador? Quando vi a imagem acima pensei que vc usava máquina de escrever ou ia falar algo do tipo. Conta pra gente! Hehe, pq eu acho mais confortável escrever a mão, pq rabisco, arrumo, não canso os olhos e posso escrever onde quiser, mas na hora de digitar dá uma preguiça…

    • Raphaela
      Raphaela
      26 fevereiro, 2015

      Oieeeeeee!

      Eu sempre escrevi muito, mas de uns tempos para cá isso ficou mais rotineiro. Eu gosto de ler vários gêneros, apesar de ter os meus preferidos e saber que nunca conseguirei escrever como alguns dos meus autores favoritos hahaha E SIM, sempre que eu retorno para o caderninho, tem uma cena que eu penso: ERA DE VOCÊ QUE EU ESTAVA PRECISANDO! *-*

      Entonces, eu já escrevi muito mais a mão e depois digitava tudo. Inclusive, um livro meu que era fanfic de Crepúsculo foi assim, e depois passei todo para o computador. Aí revisava, ajustava e tal. Mas escrevi com todas as pontuações e certinho. Pois é.

      Hoje em dia, confesso, só no computador. E eu adoro escrever de noite ou de madrugada por que a minha casa fica mais silenciosa e os meus pensamentos correm soltam. Acredito que por você ilustrar é muito mais fácil para escrever já no papel.

      Queria voltar a esse hábito, mas confesso que é mais fácil e rápido já abrir o Word direto e deixar as ideias fluírem.

      Beijos.

  • Reader Writer
    26 fevereiro, 2015

    Amei o post e quase desmaiei de emoção ao saber que vai ter um fim SRLT. Eu sei que tive que parar de ler por força maior (meu pc ficou mais de um ano quebrado), mas daí vi que os posts tinham parado e desanimei de continuar a ler de onde parei. Sabia que a cada capítulo lido eu entraria em depressão por saber que estava parada. Já fiquei triste porque a Gabi teve que excluir as fics dela do site. Vocês, para mim, já escrevem muuuuuuito bem. Aprimorando então! Fico ansiosa para ler. Espero que a finalização de SRLT seja apenas o pontapé inicial de muitas outras histórias. Abraços!

    • Raphaela
      Raphaela
      26 fevereiro, 2015

      OMG OMG OMG OMG OMG OMG!! *grita a Gabi no Rio para mim POR FAVOR!*

      NÃO ACREDITO QUE TEM LEITOR DO BLOG QUE ACOMPANHA SRLT! Estou-chocada! E feliz! HAHAHAHAHA

      Nós estamos terminando, está faltando apenas terminar de escrever o final e fazer os ajustes e então postaremos tudo na mesma semana.

      Obrigada por todo o carinho & amor!

      Beijos.

  • Vídeos no canal

    @equalizeleitura
    © 2018 Equalize da Leitura • equalizedaleitura.com.brDesenvolvido com por