março 21, 2016Editora Novo Século, Livros Nacionais, Resenhas

[Resenha] Virando Amor

0 Comentários

gsTítulo: Virando Amor Título original: Autor: Isadora Ferreira Ano: 2015 Editora: NovoSéculo Número de páginas: 200

O livro é teen e como eu não gosto muito de livros dessa temática, acabei me enrolando um pouco para ler, mas quando comecei a ler, rapidinho terminei.

Priscila tem 16 anos e mora em Curitiba, mas de repente vê sua vida mudar bruscamente quando seu pai recebe uma promoção para trabalhar em São Paulo. Mudar de cidade, trocar de escola, deixar seus amigos e o namorado e ir para uma cidade imensa não é o que ela imaginava que aconteceria no Ensino Médio. Em meio a todas as mudanças, tem que aprender a lidar com essa nova vida.

Mas, como era de se esperar, a adaptação não é maravilhosa: sente falta dos avós, do namorado, das amigas, da rotina. Mas percebe que amizades podem se manter a distância e novas serem criadas e é isso que ela faz: começa a perceber que a cidade pode ser incrível, que em São Paulo também pode fazer amigos e ainda unir amigos de dois estados! É apresentada as decepções da adolescência – e da vida! -, descobre que nem tudo é perfeito e que até o felizes para sempre tem um ponto final.

12743899_1061866230502324_8706703075644055423_n

O livro é teen e como eu não gosto muito de livros dessa temática, acabei me enrolando um pouco para ler, mas quando comecei a ler, rapidinho terminei. Existem alguns pontos que me incomodam no livro – como o fato da Priscila ficar indo e voltando para Curitiba de avião como se a passagem custasse 30,00. Estranho, pois, em nenhum momento, é citado que os pais são ricos, mas que aparentam levar uma vida financeira boa. Acho engraçado perceber que algumas coisas não mudam nem mesmo com o decorrer dos anos – como músicas que eu ouvia e ouço até hoje e que foram citadas no livro – e como sensação nostálgica de acompanhar essa fase da vida que já não faz mais parte da minha.

Para um livro de estreia, não pode negar que Isadora tem talento. O livro é perfeito aos meus olhos? Não. Ma ele tem início, meio e fim bem definidos e escrito. Acredito que para que eu achasse o livro MARAVILHOSO seria necessário mais alguma experiência, essa que só se adquire com o tempo, porém, é inegável o talento da garota.

O livro é dosado com romance, medos, sentimentos conflituosos, descobertas. Acho que também é o tipo de livro amigo para quem está passando por uma mudança de estado tão grande e brusca. Priscila nos conta através dos seus olhos como seu namorado se transforma depois da mudança, como situações sobre o coração fogem do nosso controle e mostra, principalmente, que quando abrimos nosso coração para as novas oportunidades, elas podem aparecer melhor do que imaginávamos.

O final eu achei um pouquinho forçado, mas é como eu falei: a nossa escrita, história, enredo vai amadurecendo conforme isso acontece com quem está escrevendo. E não foi nada que ruiu a leitura, apenas que me incomoda diante do conjunto. Outra ressalva que eu faria é com relação a capa: livros juvenis me remetem a capas alegres, coloridas, chamativas. Achei que não casou com nada do que a autora escreveu ou quis passar. Se houver uma nova edição, minha sugestão seria buscar algo que atraísse mais o público-alvo.

posts relacionados

Deixe seu comentário

Vídeos no canal

@equalizeleitura
© 2018 Equalize da Leitura • equalizedaleitura.com.brDesenvolvido com por