maio 03, 2016Editora Grupo Editorial Record, Resenhas

[Resenha] A Indomável Sofia

2 Comentários

Título: A Indomável Sofia Título original: The Grand Sophia Autora: Georgette Heyer Ano: 2016 Editora: Grupo Editorial Record Número de páginas: 404

O que eu mais gostei aqui é que, ao contrário de outros livros de época que lemos, onde a história toda gira em torno do casal de protagonistas e do amor impossível deles, aqui somos totalmente envolvidos pela Sofia.

Todo mundo que gosta de romance de época e acompanhou alguns blogueiros e as minhas próprias postagens ficaram simplesmente MALUCOS nesse livro. Com razão. Para mim, os melhores romances de época são aqueles que as autores conseguem caracterizar bem os costumes, mas sempre colocam personagens divertidos e sarcásticos para nooooosssa alegria! E vou contar: personagem como a Sofia vocês não vão encontrar em nenhum outro livro!

Nossa protagonista encantadora é Sofia Stanton-Lac: ela foi educada longe dos costumes londrinos. Órfã de mãe, acompanhou o pai em suas viagens ao redor do mundo e teve muita liberdade para pensar e fazer o que quisesse, desde que não machucasse ninguém. Quando seu pai é enviado ao Brasil em um missão, ele acaba pedindo para que a tia a receba em seu lar durante esse período.

Desconcertando a todos com sua alegria, impulsividade e franqueza pouco características para as damas de sua idade, Sophy acaba conquistando todos quando chega à conturbada Berkeley Square: sua tia que parece tão faminta por atenção de alguém, Humbert, seu primo mais novo que está devendo até o cabelos das pernas, Cecilia, sua prima romântica apaixonada por um poeta e, por fim, Charles, seu primo turrão e tirânico, que comanda a família inteira e está prestes a se casar com uma mulher tão insuportável quanto ele.

Com o seus instinto de sempre ajudar àqueles ao seu redor, Sofia toma para a si a missão de reorganizar essa família  dar um final feliz para todos, mesmo se tiver que enfrentar seu primo Charles. E nesse contexto maravilhoso que só sugere BAGUNÇA, vamos nos adentrar a essa história.

12987061_1095190210503259_5301263168573449379_n

Primeiro que quem já ama o gênero, é impossível ter um comentário negativo a tecer a respeito do livro. Eu tenho apenas uma criticazinha, que falarei mais a frente.

O que eu mais gostei aqui é que, ao contrário de outros livros de época que lemos, onde a história toda gira em torno do casal de protagonistas e do amor impossível deles, aqui somos totalmente envolvidos pela Sofia e podem acreditar: é muito. Se você espera um super romance, onde a mocinha e o mocinho terão que lutar para ficarem juntos, esqueça. Não vai encontrar isso aqui. O romance fica tão em segundo plano, que talvez tenha ficado demais (pois é, confesso que quando cheguei ao final fiquei: cabô?). Ela é impetuosa e alegre, divertida e inteligente, independente e sensível, carinhosa e amiga,  uma mistura de tudo isso, herança de sua criação livre acompanhando o pai pelo mundo. E rapidamente você assa a admirá-la, querer ler suas peripécias que faz dar gargalhadas de tão absurdas que são.

É isso: A Indomável Sofia é um livro para você rir! E isso é tão maravilhoso!

Outro ponto bem exposto no livro é como ela tenta ajudar a família que parece à beira do desespero, em alguns momentos e a relação da Sofia com o primo bruto, Charles. Ela o desarma com as suas respostas rápidas e certeiras, que muitas vezes fez com que eu mesma ficasse sem entender onde ela queria chegar e sabendo que era essa a intenção dela e ao mesmo tempo mostra-se ser um coração completo e totalmente generoso, principalmente para aqueles que ama.

Acho que o único ponto que pesa aqui – pois é, olha eu me contradizendo – é quanto a tradução do nome da personagem, que para mim não deveria ter sido traduzido. Todo mundo entende e lê Sophia como se deve. Aí no título e quando fala o nome completo da personagem é Sofia, mas o apelido ficou Sophy. Por favor, gente.

Sem dúvida nenhuma que eu acompanharei todos os livros da autora e ela faz com que você queira lê-los desesperadamente! Não acho que a Indomável Sofia seja apenas um livro para ler no final de semana, não. Ele é um livro para em qualquer momento e reler sempre que bater uma saudade das maluquices dessa garota que foge totalmente aos padrões.

posts relacionados

Deixe seu comentário

2 Comentários

  • Karol Melo
    04 maio, 2016

    Oi! Eu AMO romances de época,sério mesmo. E A Indomável Sofia parece incrível,vou adiciona-lo a minha lista. <3
    Beijos!

    @nomundodaka

    • Raphaela
      Raphaela
      28 julho, 2016

      É incrível mesmo! Bj

  • Vídeos no canal

    @equalizeleitura
    © 2018 Equalize da Leitura • equalizedaleitura.com.brDesenvolvido com por