Posts arquivados em: Tag: How To Be Single

abril 28, 2016Editora Grupo Editorial Record, Resenhas

[Resenha] Como Ser Solteira

2 Comentários

Título: Como Ser Solteira Título original: How To Be Single Autora: Liz Tuccillo Ano: 2016 Editora: Grupo Editorial Record Número de páginas: 431

Sinceramente? Achei a premissa fútil. Estou sendo rabugenta, eu sei.

Sinceramente? Esse livro está todo errado. Simples assim. E eu só fico pensando que eu perdi preciosos dias da minha vida lendo um livro que não levou a lugar nenhum, não mudou a minha vida, não me fez ficar feliz nem triste. Só foi todo errado.

O livro vai contar a viagem ao redor do mundo que Julie, assessora de uma revista, faz com o intuito de descobrir como são as mulheres solteiras. Ela está desesperada? Está. Tem 38 anos, não consegue se relacionar com ninguém, está à beira do desespero e quer tentar entender esse fenômeno.

Suas melhores amigas são Serena, que é a amiga de humanas – toda paz e amor, fazer miçangas para viver, viver do que se planta e amar a natureza -, tem zero de vida amorosa e trabalha como cozinheira para um casal de astros do cinema. Ruby é muito sentimental e desesperada, confusa e doida para constituir uma família – desejo que aparece de uma hora para outra. Alice é advogada formada em Harvard, muito inteligente, mas quando encontrava algum cara, fingia ser menos inteligente que ele para não afastá-lo (sério). E temos Georgia, recém divorciada, mãe de duas crianças e que verdadeiramente não sabe como lidar com essa nova situação.

Enquanto acompanhamos a viagem de Julie pelo mundo, ela também nos conta sobre o que está acontecendo com as amigas. Então, ficamos sabendo sobre a vida de cada uma delas, de como se sentem, o que querem, almejam, desejam da vida e para a vida. Alguns pontos é bem depressivo e, sinceramente, acho que já tem tristeza suficiente na minha vida para que eu tenha uma dose extra no livro. Porque sim, o livro tem a sua parte divertidinha e tal, mas chega um momento que tem um ápice e que eu estava quase falando – ok, chega. – e desistindo.

A nota baixa dada ao livro no Skoob é completamente compreensível: achei que o livro poderia ser, no mínimo, interessante, mas a Julie fica simplesmente pulando de um país para o outro, fazendo essa maldita pesquisa sobre como as mulheres estão solteiras, como a maior parte delas são mulheres mais velhas, como os homens trocam uma mulher de 40 por duas de 20 e todas aquelas chatices, que sinceramente, não tenho paciência. Além de tudo, é descabível, sabe? Em nenhum momento fala que Julie e as amigas são ricas, no entanto, todas elas acompanham a ‘pesquisadora’ em uma ou mais viagens.

Sinceramente? Achei a premissa fútil.

Estou sendo rabugenta, eu sei.

E no final, nem resultado de pesquisa nenhum existe, uma vez que ficam tão desiludida com o cenário mundial, que simplesmente não tem uma explicação para o que ela, de fato, encontrou pelo mundo, viajando. Pode ser que quando eu tiver 37 anos, 40, 50 anos, fique preocupada com questões como essa, mas agora…

Não serei aquela chata que não consegue ver nada de bom no livro: a escrita dele é bem fluída e sim, ele é divertido (muito!), pois a autora utiliza de comparações e pensamentos muitos sinceros para descrever a sua narrativa e, sendo ela em primeira pessoa, casou bem com o teor do conteúdo. Mas em alguns momentos também temos grandes blocos de textos, sem parágrafos, de descrições de cenas que me pareceram desnecessárias.

E por último, apenas mais um comentário negativo, juro:

Parem de publicar livros em páginas brancas, pelo amor de tudo que é mais sagrado! 

Eu não aguento mais bater nessa tecla! Não aguento mais livros publicados com essas malditas páginas brancas, não tem motivo para fazerem isso ainda! Eu estou sendo chata? ESTOU, sou ré confessa! Mas vocês não conseguem ter a noção do quanto que isso me incomoda e é um dos fatores para eu demorar ainda mais para ler o livro. Sério, gente! S.É.R.I.O, não façam isso. Por favor. Por favorzinho.

Vídeos no canal

@equalizeleitura
© 2019 Equalize da Leitura • equalizedaleitura.com.brDesenvolvido com por