Posts arquivados em: Tag: Quem me ajudou a tomar a decisão de cortar o cabelo

março 22, 2016Cabelo Curto, Cabelos, Cosméticos, Vídeos

1 ano de transição capilar! Vem mais cachinhos!

1 Comentário

transição1ano

Há um ano eu chorava para entrar em uma nova etapa da vida. Não um choro sofrido, amargo e sim um choro de alegria, liberdade. De lá para cá tanta coisa mudou, aconteceu. Eu aprendi a cuidar de um cabelo curto e descobrir as facilidades de tê-lo assim. Eu aprendi a me dedicar, a pesquisar cremes, técnicas. Aprendi a admirar outras meninas que tiveram a ousadia de se assumirem. Eu fiz amigas e li depoimentos de pessoas que se inspiraram  – pasmem – em mim para tomar a atitude de mudar também. Eu aprendi a vê-lo crescer cada mês mais, desejei que crescesse logo e batesse na cintura, desejei que ele moldurasse o meu rosto. Desejei e desejo tudo isso ainda, mas descobri que a paciência também faz parte do processo de transição.

Adoro que as pessoas queiram tocá-lo, que eu mesma posso me dar o prazer de um carinho enfiando os dedos no cabelo e desfazendo os cachinhos. Fico confusa e feliz quando dizem que ele está gigante e para mim parece que estacionou no crescimento. Amo ver inspirações, me imaginar com uma cor diferente e verificar que daqui uns anos pegarei fotos para admirar as diferenças de comprimento.

Me arrependo? Sim. Apenas de não ter feito isso antes, na época faculdade ou ter levado tão a sério a opinião ou o que as pessoas pensariam de mim com um dedo de cabelo.

Hoje eu sou, principalmente, mais feliz comigo mesma. Eu me reconheço quando olho no espelho, eu brinco com o meu cabelo, eu invento penteados que não uso, eu erro a mão no creme, eu cuido e descuido dele. Eu me irrito quando tenho que trabalhar e ele acorda uma bosta, como se estivesse mal humorado. E desacreditada quando tenho que ficar em casa o dia inteiro e ele amanhece todo enroladinho, como se zombasse de mim.

Gosto do meu cabelo cacheado, gosto do meu cabelo sem definição, tenho que aprender a deixa-lo definido, gosto do meu cabelo black, pra cima, apontando em todas as direções. Mas gosto principalmente de quem me tornei depois que me assumi.

Para todas vocês que estão em transição, pensando se vale a pena cortar ou não, eu apenas digo algo que é bem clichê: cabelo cresce. Apenas seja feliz como acredita ser o melhor para você.

abril 04, 2015Cabelo Curto, Vídeos

[Vídeo] Quem inspira você?

2 Comentários

queminspiravocê

Desde que eu cortei o meu cabelo, que fiquei pensando em como várias pessoas – famosas ou não – influenciam a nossa vida, seja para coisas boas ou não. Quando tomei a decisão de cortar o cabelo, ela não apareceu do nada, de uma hora para outra eu coloquei a tesoura na mão da minha irmã e falei: corta! Foi um processo, doloroso por sinal, já que eu nunca pensei em cortar meu cabelo tão curto assim e nunca pensei nessa possibilidade.

É engraçado como os nossos gostos e decisões vão mudando, né? E como vamos nos transformando cada dia.

Hoje eu apresento para vocês a pessoa que me inspirou. Foi a Beth quem falou: Rapha, corta o cabelo e deixa com que ele cresça sem química. Você vai ser uma pessoa mais feliz e vai ficar muito mais bonita.

No vídeo abaixo, ela conta um pouco do seu processo de corte de cabelo, que foi mais dolorido e sofrido que o meu, quais foram os seus maiores desafios, o que ouviu das pessoas quando cortou, seus momentos de angústia até chegar hoje, com o cabelo sem química após dois anos!

O vídeo ficou lindo, engraçado e inspirador! Tem participação especial da minha irmã também, que está adotando os cabelos cacheados.

Fotor_142815856193778

1. Alisado e sem aplique

2. Mega Hair

3. Primeiro corte

4. Última escova

5. Segundo corte

6. Terceiro corte

Posso tirar um momento para agradecer tanto carinho e fofura? Obrigada a todos os comentários no blog, no canal no Youtube, Twitter e Facebook me apoiando, falando o quanto eu sou corajosa e todas as palavras lindas! Eu já estava animada, mas confesso que é muito prazeroso ler o que vocês me escrevem! Podem mandar mais! 🙂

Vídeos no canal

@equalizeleitura
© 2018 Equalize da Leitura • equalizedaleitura.com.brDesenvolvido com por