Posts arquivados em: Tag: Talvez um Dia

julho 05, 2016Colleen Hoover, Editora Galera Record, Resenhas

[Resenha] Talvez Um Dia

4 Comentários

Título: Talvez Um Dia Título original: Maybe Someday Autora: Coleen HooverAno: 2016 Editora: Galera Record Número de páginas: 368

Apesar dos meus pesares, aqui Colleen consegue me fazer sentir junto a eles, o que é claramente um ponto extremamente positivo quando falamos de um romance.

Talvez um Dia. Antes de começar, adianto que esta não é uma resenha positiva sobre o livro, mas não menos sincera – é meu ponto de vista honesto, apesar de ser destoante de grande parte do público que leu. Primeiramente, quero dizer que apesar de preferir a capa original do livro, a capa da edição brasileira seguiu a mesma ideia, então também está bem bacana. O título do livro traduz, perfeitamente, a história. Vamos à ela.

IMG_20160526_202850

Logo no início testemunhamos Sydney tendo a estabilidade de sua vida perturbada quando descobre que seu namorado e sua colega de quarto estavam exercendo algumas atividades de cunho sexual pelas suas costas. Literalmente cuspindo marimbondo, ela sai de seu apartamento em meio a uma chuva torrencial e acaba sendo resgatada por Ridge, o vizinho que costuma tocar violão em sua varanda e encantá-la, ainda que de longe. Após entender sobre a confusão da vida de Sidney, Ridge se oferece para ajudá-la – convidando-a para dividir o apartamento com ele e seus colegas de quarto, Warren e Bridgette.

Após certa hesitação, Sidney concorda, afinal suas opções estavam tanto escassas e ela precisava de um lugar para ficar. Ridge, contornando sua condição enquanto deficiente auditivo, é um excelente músico e descobre em Sidney uma excelente compositora. A conexão entre eles através da música é grandiosa, o problema todo é quando essa conexão ameaça ultrapassar os limites das sinfonias que criam juntos. Ridge possui uma namorada de anos e é um relacionamento aparentemente sólido. Sidney se vê mergulhando em outra situação complicadíssima, e o que nunca imaginou: estava preocupada em poder se tornar a outra da vez.

Ei, coração. Pode me ouvir? Você e eu estamos, oficialmente, em guerra.

Continue lendo

Vídeos no canal

@equalizeleitura
© 2019 Equalize da Leitura • equalizedaleitura.com.brDesenvolvido com por